Bauru e grande região

Regional

Garça recebe 2º Concurso de Cafés

Evento encerra a programação do 8º Encontro dos Cafeicultores de Garça e Região, que será realizado nos dias 11 e 12

por JCNET

10/09/2019 - 06h00

Éder Azevedo/JC Imagens

Concurso ocorrerá em evento para debater desafios da cafeicultura

Garça - Nesta quinta-feira (12), o público presente no 8º Encontro dos Cafeicultores de Garça e Região, que terá início na quarta-feira (11) com objetivo de discutir os desafios da cafeicultura, conhecerá os vencedores do 2º Concurso de Cafés de Qualidade da Região. O evento será na Associação Atlética do Banco do Brasil (AABB), na rodovia Comandante João Ribeiro de Barros (SP-294), no Km 419, em Garça (70 quilômetros de Bauru), com entrada gratuita.

O concurso foi aberto para produtores da região de Garça, que inclui os municípios de Garça, Vera Cruz, Gália, Fernão, Duartina, Lucianópolis, Alvinlândia, Lupércio, Ocauçú, Álvaro de Carvalho, Júlio Mesquita, Guarantã, Pirajuí e Marília.

Nesta segunda edição, estão sendo avaliados 10 lotes de café inscritos na categoria "Cereja Descascado" e 24 lotes na categoria "Seca Natural". No mesmo evento, haverá também o lançamento da marca coletiva IG - Indicação Geográfica na modalidade "Indicação de Procedência".

O concurso será aberto às 13h, com palestra do especialista Paulo Henrique Leme, da Universidade Federal de Lavras (UFLA-MG), com o tema "Cafés da Região de Garça: valorizando nossa história para construir o futuro".

Em seguida os cafeicultores campeões do concurso de 2018 darão os seus depoimentos. Às 14h30, será realizada a prova dos finalistas, com premiação e rodada de negócios.

A pré-seleção dos lotes foi realizada por um grupo de provadores, que eliminaram do concurso os cafés que não se enquadravam no regulamento. A classificação final será feita na véspera da premiação por cinco Q-Grader - certificação mundial dada aos profissionais de classificação e degustação de cafés que utilizam o protocolo SCA - Specialty Coffee Association).

A classificação dos lotes será pela maior pontuação, tendo como critério: fragrância, aroma, sabor, doçura, uniformidade, balanço, acidez, amargor, corpo, sabor residual e adstringência. Serão premiados os três primeiros lugares de cada categoria. Todos os participantes receberão certificados, com laudo técnico do café.

 

Ler matéria completa