Bauru e grande região

Regional

Jovem desaparecida em Bariri foi assassinada e corpo é encontrado

Policiais encontraram o corpo da universitária de 19 anos enterrado em uma estrada de terra em Cambaratiba, distrito de Ibitinga

por Bruno Freitas e Lilian Grasiela

25/09/2019 - 11h23

DIG/Divulgação

DIG de Jaú localizou o corpo da jovem em área rural de Ibitinga

A universitária Mariana Forti Bazza, de 19 anos, moradora de Bariri, desaparecida desde a manhã desta terça-feira (24), depois de aceitar ajuda de um desconhecido para trocar um pneu murcho, foi assassinada. O corpo dela foi encontrado pela Polícia Civil de Jaú, nesta quarta-feira (25), em uma estrada de terra em Cambaratiba, Distrito de Ibitinga (90 quilômetros de Bauru). A vítima foi localizada após a prisão, na terça-feira (24), à noite, de Rodrigo Pereira Alves, de 33 anos, homem que se ofereceu para trocar o pneu do carro dela. Ele apontou o local da desova do corpo.

Rodrigo trabalhava como pintor em uma chácara situada em frente à academia frequentada por Mariana. Ele tem ficha criminal extensa e já cumpriu pena, entre outros crimes, por sequestro, latrocínio e estupro.

Segundo a Polícia Civil, o preso foi autuado em flagrante por homicídio. Rodrigo Pereira Alves, no entanto, não confessa o assassinato e conta uma história considerada fantasiosa pela Polícia Civil. Ele tributa a responsabilidade pela morte da universitária a uma terceira pessoa. Admite, porém, ter ajudado a desovar o corpo, encontrado de bruços.

A vítima estava vestida, amarrada e amordaçada. O que provocou a morte ainda será apurado pela Polícia Científica. Não se sabe se foi esganadura, asfixia ou esfaqueamento.

Mariana era moradora de Bariri e cursava fisioterapia no Unisagrado (antiga USC). O corpo da jovem será periciado nesta quarta-feira. Por essa razão, ainda não há informações sobre o velório e sepultamento.

TROCA DE PNEU

Câmeras de segurança da academia frequentada pela universitária, em Bariri (56 quilômetros de Bauru), registraram, nesta terça-feira (24), o momento em que a jovem deixou o local, no início da manhã, e seguiu em seu Gol até uma chácara, do outro lado da rua, para que o suspeito trocasse um pneu murcho do seu carro.

Uma hora depois, o sistema de monitoramento também flagrou o veículo deixando o imóvel. A partir daí, ela não foi mais vista. Antes, durante a troca do pneu, a estudante chegou a tirar uma foto do suspeito com o celular e a enviou para familiares e para o namorado.

O carro de Mariana Forti Bazza foi encontrado em Itápolis, assim como o suspeito, que estava escondido no telhado de uma casa. 

Mesmo após a prisão de Rodrigo, equipes da PM e Civil, com o apoio do Helicóptero Águia e Canil, deram sequência às buscas pela vítima.

COMOÇÃO

A morte de Mariana causou comoção de amigos e familiares nas redes sociais. Muitos prestaram homenagens e lamentaram a perda da jovem universitária em um crime tão brutal. O prefeito de Bariri, Francisco Leoni Neto, decretou, nesta quarta-feira, luto oficial de três dias no município.

O Centro Universitário Sagrado Coração (antiga USC) emitiu nota de pesar sobre a morte da estudante, que tinha planos de atuar na área de fisioterapia. Uma missa será celebrada em memória de Mariana, nesta quarta-feira, às 18h, no Anfiteatro E2 do Unisagrado, localizado no bloco E do câmpus. Confira a nota:

"Foi com grande consternação que o Unisagrado recebeu a notícia do falecimento da estudante do segundo ano do curso de Fisioterapia, Mariana Forti Bazza, oficializado nesta quarta-feira (25). Neste momento, a Instituição se solidariza com a família e colegas de turma, enlutados.

O Unisagrado declara sua tristeza pelo desfecho ao desaparecimento de Mariana. Infelizmente, um sonho, um futuro, uma mente, um coração jovem foi perdido! Essa ruptura dolorosa impõe a reflexão sobre o que a sociedade precisa fazer pelos seus jovens e reafirma o importante papel das instituições de ensino como promotoras de um mundo em que as esperanças e entusiasmos não deem espaço para a precariedade, que gera o medo.

A comunidade universitária se une à família e amigos em prece e suplica ao Coração de Jesus fortaleza e paz, neste momento de dor".

(Confira vídeo da prisão cedido pelo Jornal Noticiantes)

Ler matéria completa