Bauru e grande região

Regional

Suspeito de assaltar taxista morre em confronto com PM

Um segundo suspeito foi preso em flagrante após ser reconhecido pela vítima

por Lilian Grasiela

09/10/2019 - 06h00

Pederneiras - Um homem de 32 anos suspeito de assaltar um taxista de Bauru, após solicitar uma corrida até Pederneiras (26 quilômetros de Bauru), morreu na noite desta segunda-feira (7) em confronto com policiais militares. Um segundo suspeito, de 35 anos, foi preso em flagrante com parte do dinheiro roubado.

Segundo o registro policial, durante o trajeto, na altura do Km 207 da rodovia Comandante João Ribeiro de Barros (SP-225), próximo à entrada de Pederneiras, os dois passageiros anunciaram o roubo. Um deles deu uma "gravata" no taxista, enquanto o segundo subtraiu R$ 180,00 em dinheiro. Na sequência, a dupla fugiu a pé em direção ao bairro Cidade Nova. Equipe da Polícia Rodoviária que fazia fiscalização nas proximidades foi avisada sobre o roubo por uma testemunha e solicitou o apoio da Polícia Militar (PM). Momentos depois, A.C.L., 35 anos, foi preso no bairro Pederneiras III.

Com o suspeito, posteriormente reconhecido pela vítima, a polícia apreendeu R$ 73,00 e ele foi autuado em flagrante. A partir da foto de um documento encontrado em uma bolsa que o segundo suspeito deixou cair na hora da fuga, a PM conseguiu identificá-lo como sendo Joeder dos Santos Miranda.

Enquanto a ocorrência era registrada, equipe de Força Tática avistou Miranda na rodovia Cesar Augusto Sgavioli (SP-261). Em nota, a PM revela que ele fugiu ao perceber que seria abordado, pulou cercas e atirou duas vezes na direção dos PMs, que revidaram depois que ele se negou a largar a arma.

Atingido três vezes no tórax, Miranda morreu no local. Um revólver calibre 38 que estava ao lado dele foi apreendido para perícia. "Todos os registros de Polícia Judiciária Militar pertinentes foram adotados para apuração do fato", afirma a PM em nota. O caso também é investigado pela Polícia Civil.

Ler matéria completa