Bauru e grande região

Regional

Homem é morto em sítio de Botucatu

Em Jaú, um homem foi esfaqueado no Distrito de Potunduva; os autores dos crimes já foram identificados e são procurados

por Lilian Grasiela e Bruno Freitas

03/12/2019 - 03h59

Polícia Civil

Faca usada na tentativa de homicídio em Jaú foi apreendida pela Polícia Civil

Botucatu - Um homem de 40 anos foi morto a pauladas neste fim de semana em um sítio na zona rural de Botucatu (100 quilômetros de Bauru), na região do Jardim Monte Mor. Em Jaú (47 quilômetros de Bauru), na madrugada desta segunda-feira (2), homem de 30 anos foi esfaqueado no Distrito de Potunduva e está internado em estado grave. Os autores dos dois crimes já foram identificados e estão sendo procurados.

O homicídio ocorreu na noite de sábado (30), por volta das 19h. De acordo com o registro policial, o suspeito, de 66 anos, que não teve o nome divulgado, procurou uma propriedade vizinha dizendo que havia matado uma pessoa e pedindo para que a Polícia Militar (PM) fosse acionada, fugindo logo depois.

Quando a PM chegou ao endereço indicado pela testemunha, um sítio na rua Lourenço Castanho, deparou-se com Claudinei da Costa Francisco caído próximo a um barracão, apenas de bermuda, com lesões na cabeça e rosto ensanguentado. Próximo a ele, havia um pedaço de madeira com marcas de sangue.

O Samu constatou a morte da vítima no local e, após a perícia, o corpo foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) para a realização de exame necroscópico. Claudinei foi sepultado neste domingo (1), às 17h, em um cemitério de Várzea Paulista. Até fechamento desta edição, o autor do crime não havia sido localizado.

CRIME EM JAÚ

Ontem de madrugada, por volta das 3h, D.L., de 30 anos, foi esfaqueado no Distrito de Potunduva, em Jaú. Ele foi socorrido em estado grave pelo Corpo de Bombeiros com perfurações na região do tórax e, até o fechamento desta edição, permanecia internado na Santa Casa da cidade.

Após diligências, policiais civis da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Jaú identificaram o suspeito da tentativa de homicídio - um homem também de 30 anos - e apreenderam a faca usada no crime. Apesar das buscas, ele não havia sido encontrado até o fechamento desta edição.

Segundo o delegado Marcelo Aparecido Tomaz Goes, titular da DIG, o suspeito passou a esfaquear a vítima durante discussão por motivos a serem apurados. "Contra o investigado, pesam outros mandados de prisão do Estado do Paraná", conta. "A vítima segue internada e em recuperação".

Violência doméstica

Também em Botucatu, na Vila dos Lavradores, um homem foi detido pela Guarda Civil Municipal (GCM) na tarde deste domingo (1) após danificar objetos da residência da ex-namorada, trancá-la em um dos quartos e abrir o registro do gás de cozinha. A vítima, de 44 anos, foi retirada do imóvel com a ajuda de uma amiga. Localizado em frente à sua casa, o suspeito, de 36 anos, foi autuado em flagrante por violência doméstica e permaneceu à disposição da Justiça.

Ler matéria completa