Bauru e grande região

Regional

Aldeia Kopenoti terá 'Casa de Reza'

Espaço será dedicado à cultura e à espiritualidade Terena; entidade indígena busca doações para que projeto saia do papel

por Lilian Grasiela

30/01/2020 - 06h00

Divulgação

Antropólogo Irineu Nje'a Terena será a liderança espiritual da Casa

Avaí - A Aldeia Kopenoti, na Terra Indígena de Araribá, em Avaí (39 quilômetros de Bauru), passará a contar em breve com uma Casa de Reza Koixomuneti - espaço dedicado ao resgate da espiritualidade Terena. Para que o projeto saia do papel, a entidade Araci Cultura Indígena está organizando uma ação solidária com o objetivo de arrecadar doações para o início das obras.

O pesquisador e antropólogo Irineu Nje'a Terena, presidente da entidade, que é da etnia Terena, explica que a Casa de Reza é conhecida também como "Casa do homem sábio". O termo Koixomuneti, de acordo com ele, significa "liderança espiritual".

"Meus ancestrais vieram do Mato Grosso, junto com as primeiras famílias, em 1932, e trouxeram uma bagagem de cultura, tradição e história. Minha finada avó era uma Koixomuneti, a pessoa que atendia os Terenas e indígenas da aldeia", diz.

"Naquela época, era difícil o acesso até o médico. Então, eles utilizavam muito a espiritualidade como um meio para a cura. E, hoje, temos uma só Koixomuneti, na Aldeia Ekeruá. Quando minha avó faleceu na Aldeia Kopenoti, não ficou ninguém".

CONSAGRAÇÃO

Irineu explica que, junto com a proposta de resgatar as tradições dos seus ancestrais, veio a ideia da criação da Casa de Reza. Para que pudesse se tornar um Koixomuneti, ele revela que passou um tempo no Mato Grosso do Sul, na Aldeia Ipegui.

"Nessa pesquisa, nesse anseio de buscar minha identidade e conhecimento sobre a origem e a história do meu povo, eu fiz vários trabalhos e, com eles, foi se abrindo um ciclo de conhecimento até que eu cheguei nessa parte da espiritualidade", conta.

A consagração como líder espiritual veio pelas mãos de sua "madrinha", Petronilha Sobrinho. Por meio da Casa de Reza da Aldeia Kopenoti, considerada por Irineu uma conquista histórica, ele acredita que essa espiritualidade poderá ser melhor explorada. "Vai ser um espaço cultural e espiritual. A gente vai estar fazendo eventos ligados à energia da natureza", declara.

AÇÃO SOLIDÁRIA

Para arrecadar fundos para a construção do espaço, obra estimada entre R$ 3 mil e R$ 4 mil, o presidente da Araci Cultura Indígena explica que está organizando a campanha Ação Solidária, com venda de camisetas personalizadas e comidas artesanais congeladas.

Segundo ele, a implantação da Casa de Reza conta com apoio do cacique Chicão Terena, liderança indígena da Aldeia Kopenoti. A previsão é de que o espaço seja inaugurado em abril, mês dedicado à cultura indígena. Interessados em contribuir com a campanha podem fazer contato inbox com Irineu pelo Facebook: Irineu Nje'a Terena.

 

Ler matéria completa