Bauru e grande região

 
Regional

Região terá bloqueios no megaferiado

Brotas diz que irá impedir visitantes; em Dois Córregos, Iacanga e Barra Bonita, prefeituras farão barreiras sanitárias

por Lilian Grasiela

21/05/2020 - 04h33

Prefeitura de Brotas

Integrantes do Gabinete de Combate ao Coronavírus da Prefeitura de Brotas reuniram-se ontem para criar barreiras

Pelo menos quatro municípios da região anunciaram nesta quarta-feira (20) que farão bloqueios nos seus principais acessos durante o "megaferiado" na capital paulista (leia mais abaixo), com objetivo de impedir que moradores de São Paulo usem esses dias de folga, que buscam elevar os baixos índices de isolamento social e conter o avanço do novo coronavírus, para viajar para o interior.

Em Brotas (100 quilômetros de Bauru), integrantes do Gabinete de Combate ao Coronavírus da prefeitura reuniram-se ontem para organizar a implantação de barreiras, que devem ter início nesta quinta-feira (21). "Veículos com placas de outras cidades (Capital e região) serão impedidos de entrar. Petições na Justiça já foram protocoladas neste sentido", disse o município.

Em Iacanga (50 quilômetros de Bauru), a prefeitura decidiu que, de hoje até domingo (24), uma entrada da cidade será fechada e outra, localizada na Avenida das Acácias, contará com uma barreira de saúde para medir a temperatura corporal de motoristas e passageiros de todos os veículos que chegarem. O bloqueio irá contar com a colaboração da Polícia Militar (PM).

De acordo com a Secretaria de Saúde de Iacanga, as pessoas que estiverem com temperaturas elevadas serão encaminhadas para unidade da saúde e monitoradas. "Estamos tomando esta atitude por conta do feriado prolongado da cidade de São Paulo, onde podemos receber muitos de lá", conta o prefeito Rogério Tibilô, em nota enviada pela assessoria de imprensa.

Em Dois Córregos (73 quilômetros de Bauru), após decisão do Comitê Gestor de Enfrentamento à Covid-19, a prefeitura publicou decreto determinando a implantação de barreiras sanitárias nos portais das entradas principais, pelas avenidas Gofredo Schelini e Luiz Faulin Filho, no acesso principal ao Distrito de Guarapuã e nas entradas pelas avenidas Léo Guaraldo e Piracicaba.

Os ocupantes dos veículos terão as temperaturas aferidas e, quem apresentar sintomas da Covid-19, em especial febre, será conduzido à unidade de saúde mais próxima ou ao Pronto-Socorro (PS). O veículo também será higienizado com produto químico. Quem tentar furar os bloqueios por meio de atalhos, segundo a prefeitura, poderá pagar multa de R$ 1 mil.

EDUCATIVO

Em Barra Bonita (68 quilômetros de Bauru), a prefeitura fará bloqueio sanitário educativo nas entradas da cidade, na avenida João da Silva Nogueira e no Portal Clemente Rici. A estratégia foi definida por membros da Secretaria Municipal de Saúde, Comitê de Combate ao Coronavírus, Polícia Militar e Demutran. As ações começam na sexta-feira (22) e vão até terça-feira (26), por conta dos feriados antecipados na Capital.

Na sexta, os bloqueios acontecem das 15h às 23h e, no sábado e no domingo, das 9h às 17h. Na segunda e terça, os horários ainda não foram definidos.

Além de orientar os motoristas de carros com placas de outras cidades sobre a necessidade do isolamento social, equipes de saúde irão aferir a temperatura dos ocupantes dos veículos e realizar breve questionário para acompanhamento das Vigilâncias em Saúde e Sanitária.

Megaferiado na Capital

Conforme divulgado pelo JC, a Câmara Municipal de São Paulo aprovou nesta segunda-feira (18) a antecipação dos feriados de Corpus Christi (celebrado em junho) e da Consciência Negra (novembro) para esta quarta e quinta-feira (21). A sexta-feira (22) será ponto facultativo. Projeto do governo do Estado que deve ser votado pela Assembleia Legislativa nesta quinta-feira (21) pode adiantar o feriado de 9 de Julho para segunda-feira (25). Com isso, os moradores da Capital terão seis dias de feriado.

Ler matéria completa