Bauru e grande região

 
Regional

Militantes de esquerda recebem carta com ameaça e munição

Envelope foi deixado na caixa de correio de uma das vítimas

por Lilian Grasiela

01/08/2020 - 05h00

Botucatu - A Polícia Civil instaurou inquérito para tentar identificar autor de carta com ofensas e ameaças de morte enviada na semana passada a dois militantes de esquerda em Botucatu. A carta, digitada, foi deixada na madrugada do último dia 24 na caixa de correio da casa de servidor público de 61 anos. No envelope, havia duas munições - de calibres 32 e 38. Além do servidor, ofensas foram dirigidas a uma amiga dele, aposentada de 61 anos. Os dois são militantes de esquerda e fazem postagens na Internet defendendo suas posições políticas.

Eles registraram BO por ameaça, injúria e difamação. "Estou indignada. Indignada porque sou da política há muitos anos em Botucatu, pelo MDB, e nunca vi isso", diz a aposentada.

Ela conta que reforçou a atenção na rua e que espera que o responsável seja punido. "Quando você ameaça alguém de morte, você vai ter que arcar com as consequências", afirma.

No BO, ambos alegam que não possuem desafetos e que desconhecem quem poderia ter enviado a carta. O material e as munições foram apreendidos e encaminhados para perícia.

O delegado seccional de Botucatu, Loureço Talamonte Netto, informou que a Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) e a Delegacia de Investigações Gerais (DIG) investigam o caso.

"O investigador já foi até o local procurar câmeras de segurança para ver se localiza imagens com eventual suspeito colocando essa carta na caixa de correio da vítima", declara.

Ler matéria completa