Bauru e grande região

 
Regional

Incêndio em fazenda destruiu 20 anos de reflorestamento

Fato poderá impactar na qualidade da água bruta captada para abastecer a cidade

17/10/2020 - 18h30

Prefeitura de Garça

Cerca de 100 alqueires - o equivalente a 340 campos de futebol - foram destruídos pelas chamas

Garça - Incêndio ocorrido na semana passada no entorno da represa da Fazenda Cascata, um dos pontos de captação de água para o abastecimento da população de Garça (70 quilômetros de Bauru), destruiu 20 anos de trabalho de reflorestamento. Segundo a prefeitura, cerca de 100 alqueires - o equivalente a 340 campos de futebol - foram destruídos pelas chamas.

De acordo com o Executivo, apesar de o fogo não ter atingido as instalações e maquinários da B1(bomba 1) e B2 (bomba 2) e linhas de transmissão e adução de água, os danos causados ao meio ambiente foram grandes, impactando diretamente a fauna, pois o local abrigava ninhos e servia como refúgio e fonte de alimento para aves.

O Serviço Autônomo de Águas e Esgotos (SAAE) de Garça alerta que o incêndio na área afetada também poderá causar impacto na qualidade da água bruta a ser captada e tratada, pois, sem a mata ciliar, com o tempo, aumenta a possibilidade de assoreamento do reservatório.

"Já não bastasse a grave crise hídrica provocada pelo clima, pela falta de chuvas, temos ainda essa consequência de atos irresponsáveis, prejudicando a preservação da vegetação ciliar, que protege um dos pontos de abastecimento da cidade", desabafa o diretor executivo da autarquia, Ulysses Bottino Peres.

"Essa área foi reflorestada por meio de um projeto financiado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento - BID, também pela Petrobras Ambiental, além de recursos aplicados pelo próprio SAAE. Teremos que refazer tudo novamente".

O SAAE orienta a população a economizar água. Eventuais atos de desperdício podem ser denunciados pelo WhatsApp através do número (14) 98146-3363, inclusive com envio de fotos e vídeos, e pelo telefone (14) 3407-2480.

Ler matéria completa