Bauru e grande região

 
Regional

Negro, vice toma posse na Prefeitura de Ipaussu no Dia de Zumbi dos Palmares

Tiãozinho ficará no cargo por 15 dias; ato simbólico foi feito pelo prefeito Serginho em forma de homenagem surpresa

por Marcele Tonelli

21/11/2020 - 05h00

Divulgação

O prefeito em exercício Tiãozinho de Souza Alves na companhia do prefeito Serginho Galvanin Guidio Filho, que segue em férias

Ipaussu - No Dia da Consciência Negra, que rememora a morte do líder Zumbi dos Palmares, Ipaussu (120 quilômetros de Bauru) virou destaque diante de uma singela contribuição com a data. Vice-prefeito e afrodescendente, Sebastião de Souza Alves (Republicanos), o Tiãozinho, foi empossado chefe do Executivo em exercício, tornando-se um dos únicos prefeitos negros a assumir uma prefeitura na região.

Tiãozinho ficará no cargo pelos próximos 15 dias e entrará para história de Ipaussu como o terceiro prefeito negro.

O ato simbólico foi feito como uma surpresa para Tiãozinho pelo então prefeito Serginho Galvanin Guidio Filho (PSDB), que decidiu tirar as primeiras férias em 4 anos de trabalho para que o companheiro pudesse comandar o gabinete. A dupla foi reeleita na cidade para a gestão 2021-2024.

"Achei um gesto nobre do Serginho, fiquei surpreso e feliz com a homenagem. Na nossa macro região não temos nenhum prefeito ou vice pretos. Quanto mais atitudes que valorizem melhor. Meu papel aqui é representar quem historicamente não tem voz, as minorias, que são as populações desfavorecidas socialmente", observa Tiãozinho.

A comunicação oficial sobre a posse foi feita na Câmara Municipal da cidade na última quinta (19), véspera da Consciência Negra. Como ontem (20) foi ponto facultativo em Ipaussu, Tiãozinho fará suas primeiras reuniões como chefe do Executivo a partir desta segunda (23).

"A representatividade é importante. Fiz tudo para antecipar minhas férias e para que, no Dia da Consciência Negra, o Tiãozinho estivesse como prefeito e pudesse mostrar isso para todos", comenta Serginho. "Eu sou branco, mas meu avô e tio avô eram negros e foram prefeitos de Ipaussu", completa.

A data que rememora a morte de Zumbi dos Palmares tem como missão suscitar questões sobre racismo, discriminação, igualdade social, inclusão de negros na sociedade e a cultura afro-brasileira, assim como fomentar atividades que valorizem a cultura africana.

Ler matéria completa