Bauru e grande região

 
Regional

Ação contra exploração infantil tem alvo em Jaú

Adolescente teve celular apreendido em função de acessos a sites de pornografia

por Marcele Tonelli

26/11/2020 - 05h00

Polícia Civil/ Divulgação

Celular será periciado para saber se adolescente também armazenava e repassava pornografia

Jaú - Uma operação nacional da Polícia Civil, com apoio da Polícia Federal, contra a exploração sexual infantil cumpriu mandado de busca em Jaú, nesta quarta (25). O celular de um adolescente de 15 anos foi apreendido, na região do Jardim Olímpia. O dispositivo será alvo de perícia em razão de acesso a sites de pornografia infantil na deep web, que são investigados na operação chamada Black Dolphin.

"As investigações devem indicar se no aparelho também eram armazenados e compartilhados conteúdos do tipo", comenta Luiz Roberto Bertozzo, delegado divisionário da administração no Departamento de Polícia Judiciária do Interior (Deinter-4). Foram cumpridos ainda mandados de busca em Marília, onde mais aparelhos celulares foram apreendidos. 

No País, a operação se estendeu pelo Rio de Janeiro, Minas Gerais e Rio Grande do Sul. As buscas representam nova fase de investigação iniciada em 2018, quando um homem foi preso na Capital, porque pretendia levar a sobrinha para a Disney e vendê-la para abusadores russos.

Ler matéria completa