Bauru e grande região

Regional

Botucatu amplia ações contra Covid

Além de disponibilizar mais equipes de atendimento domiciliar, prefeitura aumentou número de ramais na Central Coronavírus

por Lilian Grasiela

12/01/2021 - 05h00

Prefeitura de Botucatu

Novas ações foram divulgadas pelo prefeito Mário Pardini

Botucatu - Em decorrência da recente explosão de casos de Covid-19 no município, e diante da previsão de recorde de novos casos da doença, a Prefeitura de Botucatu (100 quilômetros de Bauru) divulgou neste fim de semana um novo pacote de ações para pacientes com o novo coronavírus. Entre elas, estão a ampliação de ramais na Central Coronavírus e a disponibilização de mais equipes de atendimento domiciliar. A cidade registrava nesta segunda (11) 4.789 casos da doença, com 64 mortes.

As medidas foram anunciadas pelo prefeito Mário Pardini (PSDB). Segundo ele, só na última semana, 300 novos casos de Covid foram confirmados em Botucatu. Para esta semana, a previsão é de 400 novos casos. Para garantir o atendimento às pessoas com sintomas gripais, o número de ramais na Central Coronavírus, que funciona todos os dias, das 7h às 19h, foi ampliada de seis para 18 nesta segunda-feira (11).

"Ao aparecimento do menor sintoma, a população pode ligar na Central Coronavírus, que será atendida por médicos e enfermeiros à postos para orientar da melhor maneira. Não recomendamos que, ao sentir os sintomas, o paciente vá inicialmente ao pronto socorro, exceto em casos graves, pois lá pode contaminar outras pessoas, ou quem sabe, ser contaminado", orienta André Spadaro, secretário municipal de Saúde.

A prefeitura também aumentou de 10 para 12 o total de equipes de atendimento domiciliar nos dias úteis e de três para seis aos sábados. Pela primeira vez desde o início da pandemia, visitas também serão feitas aos domingos, com três equipes. "Esse atendimento busca dar atenção especialmente a pessoas com mobilidade reduzida e deficientes físicos", diz o prefeito Mário Pardini. O atendimento domiciliar ocorre após triagem da Central Coronavírus, que atende pelo (14) 3811-1519.

Ler matéria completa