Bauru e grande região

Regional

Fábrica de fertilizantes anuncia fechamento em Jaú

Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Químicas acompanha rescisões

13/01/2021 - 05h00

Sindquimbru/Divulgação

O presidente do Sindquimbru, Edson Bicalho, lamenta

Jaú - A Yara Brasil S.A., fábrica de fertilizantes de origem norueguesa presente em 150 países, anunciou que vai encerrar a operação da sua unidade em Jaú (47 quilômetros de Bauru) no fim deste mês e demitir os 29 funcionários da área operacional. Ao comunicar a decisão ao Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Químicas e Farmacêuticas de Bauru e Região (Sindquimbru), a empresa informou que vai transferir as atividades da planta de Jaú para as fábricas de Campinas e Sumaré, que estariam ociosas, e que parte dos demitidos terá oportunidade de trabalhar em outras unidades da empresa.

No Brasil, a Yara tem sede em Porto Alegre e escritório em São Paulo, três fábricas e 33 unidades misturadoras, com presença nos principais polos de produção agrícola do País. A unidade de Jaú é uma destas misturadoras. Representantes da empresa informaram ao presidente do Sindquimbru, Edson Dias Bicalho, que os desligamentos começam em fevereiro e vão até abril.

"Ao informar o encerramento das atividades em Jaú, a empresa nos garantiu que todos os direitos trabalhistas serão pagos. Quem for demitido em fevereiro vai receber indenização de meio salário nominal; em março, 0,75% do salário nominal; em abril, um salário nominal e meio. E o plano de saúde será mantido para todos por um período de seis meses após a demissão", relata Bicalho.

O Sindquimbru disse vai acompanhar as rescisões para garantir que os trabalhadores recebam o que é de direito. "Lamentamos profundamente o encerramento das atividades da Yara em Jaú e as demissões. O cenário é alarmante. O desemprego bateu recorde durante a pandemia", declara. "Se já estávamos numa situação ruim em 2020, começamos 2021 com mais notícias de fechamento de empresas, o que vai aumentar ainda mais o desemprego e a piorar a já crítica situação do Brasil".

Em nota, a Yara Brasil informou que anunciou em 6 de janeiro o encerramento, no dia 30 deste mês, das atividades de sua Unidade Misturadora de Jaú, onde são produzidos fertilizantes líquidos. "A empresa iniciará prontamente o plano de fechamento e descomissionamento da unidade, que deverá se desdobrar até o fim de abril", esclarece.

"Seguindo seu compromisso com a transparência e o respeito às pessoas, a empresa ofereceu aos 29 colaboradores da unidade, além dos direitos previstos em lei, um pacote de benefícios adicionais, orientação sobre sua carreira e suporte para recolocação. É importante ressaltar que a decisão em nada impacta a oferta de fertilizantes líquidos para o mercado, uma vez que estas soluções passarão a ser produzidas em outras unidades da Yara no Brasil, seguindo os padrões habituais de qualidade da empresa".

Ler matéria completa