Bauru e grande região

Regional

Macatuba: Defesa Civil avaliará Caic

Prédio, que é utilizado por cerca de 700 crianças, apresenta problemas graves na estrutura física e pode ser interditado

23/01/2021 - 05h00

Prefeitura de Macatuba

Defesa Civil Estadual deve avaliar os problemas graves na estrutura física da escola na quarta-feira

Macatuba - A Prefeitura de Macatuba (46 quilômetros de Bauru) acionou Defesa Civil do Estado e Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) para avaliar a estrutura física da Escola Municipal Caic Cristo Rei, principal prédio do complexo Caic Trajano Maciel Filho, onde estudam cerca de 700 crianças. A visita deve ocorrer na próxima quarta-feira (27), data em que os técnicos vão analisar se as condições do imóvel são passíveis ou não de interdição.

Segundo a prefeitura, os problemas estruturais começaram a ser observados no primeiro trimestre de 2019, quando forte barulho foi percebido pelos alunos e por uma professora em sala de aula. Na época, o setor de engenharia do município emitiu laudo de que não havia perigo para os usuários do prédio.

Em junho de 2019, novo laudo, emitido por uma empresa especializada contratada pela prefeitura, apontou a "existência de patologias graves, danos e configurações típicas de problemas graves de estrutura física, comprometendo a estrutura do prédio; tornando o prédio do CAIC inseguro".

O estaqueamento na estrutura foi feito em abril de 2020. Porém, de acordo com o Executivo, novas situações que poderiam comprometer o imóvel começaram a ser observadas, entre elas vazamentos nos banheiros e nas canaletas, dilatação das paredes e abertura nas vigas de sustentação do corredor central.

MAIS PROBLEMAS

Neste ano, durante reforma para tentar resolver algumas destas questões, o chão cedeu em um ponto de vazamento, também no corredor central, causando mais preocupação. "Para resolvermos toda esta situação da melhor maneira possível, esperamos a Defesa Civil do Estado para fazer a vistoria junto com o IPT", conta o secretário de Educação e Juventude de Macatuba, Adriano Aparecido Queiróz.

"Independentemente da decisão final, nós queremos manter segurança das crianças, pais, professores e funcionários que todo dia fazem uso do prédio como ambiente educacional, de socialização, de atendimento e de trabalho".

O prefeito Anderson Ferreira trabalha com a possibilidade de interdição do prédio, mas mantém esperança de que os problemas sejam resolvidos de maneira rápida e eficiente. "O problema na Escola Municipal Caic Cristo Rei é bastante sério e, desde o início do mandato, estamos reunindo esforços para resolvê-lo", diz.

"Após avaliação de nossa equipe de engenheiros e também da Defesa Civil do município, decidimos por bem acionar a Defesa Civil do Estado para uma avaliação mais técnica". A Prefeitura de Macatuba ainda avalia junto aos comitês e conselhos de Educação a forma como ocorrerá a retomada das aulas na cidade.

Ler matéria completa