Bauru

Regional

Cetesb autua 74 veículos por fumaça

Flagrantes ocorreram na região de Bauru, Botucatu e Marília; mais de 2,4 mil caminhonetes e caminhões foram fiscalizados

por Larissa Bastos

09/06/2021 - 05h00

Cetesb/Divulgação

Fiscais da Cetesb usam Escala de Ringelmann para verificar emissão excessiva de fumaça em veículos movidos à diesel

A Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) realizou, nesta terça-feira (8), a 'Operação Inverno 2021', com o objetivo de fiscalizar a emissão excessiva de fumaça preta por veículos diesel, como caminhões e caminhonetes. A ação visa a melhoria da qualidade do ar. Foram 42 pontos de inspeção em todo o Estado, incluindo Pederneiras, Botucatu e Marília. Nestas três cidades, ao todo, foram verificados 2.402 veículos e 74 deles foram autuados (veja no quadro).

A operação ocorreu entre 9h e 14h em todo o Estado. Em Pederneiras, a fiscalização foi realizada na rodovia Comandante João Ribeiro de Barros (SP-225), km 223; em Botucatu, na rodovia Marechal Rondon (SP-300), km 252 (sentido interior); e, em Marília, na rodovia Comandante João Ribeiro de Barros (SP-294), km 452. Neste último, contudo, a duração da fiscalização foi menor, pois a chuva impossibilitou a ação dos fiscais, segundo a Cetesb.

Como resultado final da operação, 797 veículos foram multados e 52.841 foram fiscalizados.

Para a constatação da emissão excessiva, foi usada a Escala de Ringelmann, um índice gráfico para avaliação colorimétrica visual. Cerca de 150 funcionários do órgão participaram, além de equipes da Polícias Militar Ambiental e Rodoviária Estadual e Federal.

Os veículos diesel que estavam circulando com emissão de fumaça preta acima dos padrões legais permitidos foram autuados. A multa básica é de 60 Unidades Fiscais do Estado de São Paulo (Ufesps), o equivalente, em 2021, a R$ 1.745,40.

ORIGEM

A operação foi instituída pela Cetesb em 1976 e é realizada durante o inverno, período em que, segundo o órgão, as condições climáticas tornam-se desfavoráveis à dispersão dos poluentes. O objetivo da ação é proteger a saúde da população contra os agravos causados por episódios agudos de poluição do ar.

Ler matéria completa