Bauru

Regional

Operação internacional contra pornografia infantil prende dois

Programador de 35 anos foi detido no Jd. Vitória em Barra Bonita; em Ourinhos, desempregado de 34 anos foi preso

por Marcele Tonelli

10/06/2021 - 05h00

Polícia Civil/ Divulgação

Em Barra Bonita, notebooks, celulares, chips e pendrives foram apreendidos com vídeos com conteúdos de pornografia infantil

Uma operação internacional de combate a crimes de abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes praticados na internet resultou em duas prisões na região, nesta quarta-feira (9). Em Barra Bonita (68 quilômetros de Bauru), um programador de 35 anos foi detido, no Jardim Vitória, por armazenamento de vídeos. Já em Ourinhos (130 quilômetros de Bauru), um homem de 34 anos, desempregado, foi preso, no bairro Parque Valeriano Marcante, por armazenar e também compartilhar conteúdos do tipo.

Coordenada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, a operação "Luz da Infância" cumpriu sua 8.ª fase. A ação ocorre com parceria das Polícias Civis que, nesta quarta-feira (9), cumpriu 176 mandados de busca e apreensão em 18 Estados brasileiros e cinco países (Argentina, Estados Unidos, Paraguai, Panamá e Equador).

Na região, o Departamento de Polícia Judiciária do Interior (Deinter 4- Bauru), por intermédio de suas delegacias Seccionais de Jaú e Ourinhos, cumpriram três mandados, que resultaram nas duas prisões em flagrante citadas.

"Trata-se de uma operação com seus mandados próprios, mas que também contou com um trabalho rotineiro de investigação de delegacias locais", comenta Ricardo Martines, diretor do Deinter-4.

BARRA

Na manhã desta quarta (9), policiais civis de Barra Bonita deram cumprimento a dois mandados de busca e apreensão com a finalidade de combater crimes que envolvem pedofilia. Em um dos endereços, no Jardim. Vitória, o homem de 35 anos teve apreendido dois aparelhos de telefonia celular, bem como um pen drive e chips de operadoras. Segundo Martines, foram flagrados dois vídeos com conteúdos pornográficos do tipo.

Em outro endereço, na Vila Nova, os policiais civis, acompanhados do investigado, localizaram equipamentos eletrônicos que continham material pornográfico infantil. Foram apreendidos um notebook, um aparelho celular e um tablet.

O morador do Jardim Vitória chegou a ser detido, mas foi liberado após pagar fiança de R$ 1,1 mil.

OURINHOS

Em Ourinhos, a Delegacia de Defesa da Mulher cumpriu dois mandados de busca e apreensão em locais alvos de prática de pedofilia, resultando na prisão do homem de 34 anos, que seria convertida de flagrante para preventiva. Isso porque ele foi acusado de dois delitos: armazenagem e compartilhamento de pornografia infantil. No imóvel dele, no Parque Valeriano Marcante, foram apreendidos uma câmera fotográfica, sete pen drives, seis cartões de memória, um CPU, sete aparelhos celulares e um notebook.

"Armazenar pornografia infantil é um crime com pena prevista entre um a quatro anos de reclusão. Já o crime de compartilhamento desses dados possui pena maior, entre 3 e seis anos de prisão", explica Martines.

Todo material apreendido na operação foi encaminhado para perícia no Instituto de Criminalística. As investigações seguem.

Ler matéria completa