Bauru

Regional

Botucatu define estratégia para a 2ª dose da vacinação em massa

A aplicação será feita em 49 locais, no próximo domingo (8), e horários para faixas com maior público foram ampliados

por Lilian Grasiela

03/08/2021 - 05h00

Prefeitura de Botucatu

Aplicação da segunda dose da vacinação em massa em Botucatu foi marcada para domingo (8)

Botucatu - A Prefeitura de Botucatu (100 quilômetros de Bauru) divulgou nesta segunda-feira (2) as regras para a aplicação da segunda dose da vacinação em massa da população, marcada para o próximo domingo (8). Assim como no "Dia D", quando os moradores da cidade receberam a primeira dose, a ação irá ocorrer em 49 pontos, com horário ampliado para faixas etárias com maior público.

O município recebeu ontem as 80 mil doses da vacina da Oxford/AstraZeneca que serão usadas na segunda etapa da imunização. De acordo com a prefeitura, no domingo, serão vacinados os participantes da primeira etapa que se imunizaram no dia 16 de maio e tiveram registradas em suas carteirinhas para a segunda dose as datas de 8 e 9 de agosto.

A vacinação foi dividida em horários por faixa etária, que deverão ser respeitados. Das 8h às 10h, serão imunizados moradores com idades entre 51 e 60 anos. Das 10h às 12h, será a vez de quem tem entre 41 e 50 anos. Das 12h às 15h, receberão a vacina pessoas entre 31 e 40 anos. Das 15h às 18h, serão vacinados moradores entre 18 e 30 anos.

"Cada cidadão deverá comparecer ao local onde recebeu sua primeira dose (seção eleitoral ou ginásios Paralímpico, Sesi, Escola Francisco Marins e Complexo Esportivo Heróis do Araguaia), portando CPF, um documento de identificação com foto (RG, CNH ou passaporte) e a carteirinha de vacinação indicando a primeira dose", informa.

Quem perdeu a carteirinha ou estiver com o documento danificado deve retirar uma segunda via em um dos postos de saúde da cidade até 6 de agosto. "Não serão adiantadas doses de cidadãos que não possuem sua segunda aplicação agendada para 8 ou 9 de agosto", afirma. O Executivo também pede para que as pessoas evitem as aglomerações.

A imunização em massa faz parte do projeto de estudo da vacina produzida pelo laboratório AstraZeneca, Universidade de Oxford e Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e foi elaborado por meio de parceria entre a Prefeitura de Botucatu, Ministério da Saúde, Unesp, Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (HCFMB) e Fundação Gates. A ação inédita combina, além da vacinação, testagem em massa e sequenciamento genético de todos os casos positivos de Covid.

EXCEÇÕES

Segundo a Prefeitura de Botucatu, munícipes que se vacinaram no CEI Luiz Amat, Colégio Anglo e CEI Horeste Spadotto receberão, respectivamente, segunda dose no Convento Servas do Senhor, na nova sede da escola (prédio da antiga Secretaria de Educação, na rua Costa Leite) e na Emef José Antônio Sartori, no Jardim Eldorado. Um posto volante ficará das 8h às 12h no Rio Bonito e das 13h às 17h na Mina para vacinar a população destes bairros.

Ler matéria completa

×