Bauru

Regional

Cabrália recorre de indenização de R$ 130 mil

Menina morreu em 2018 após ser picada por escorpião e demorar horas para receber o soro

por Lilian Grasiela

03/08/2021 - 05h00

Cabrália Paulista - A Prefeitura de Cabrália Paulista informou nesta segunda (2) que recorrerá da decisão que condenou o município e a Santa Casa de Duartina a pagarem R$ 130 mil, por danos morais, para a mãe de Yasmin Lemos. A menina morreu em 2018, aos 4 anos, após ser picada por escorpião e demorar horas para receber o soro antiescorpiônico. "Nosso procurador jurídico tomará todas as medidas cabíveis", disse em nota.

Yasmin foi picada por escorpião na manhã de 10 de julho de 2018 e levada pela mãe ao Centro de Saúde de Cabrália às 11h30. Após avaliação, foi transferida para a Santa Casa de Duartina, onde chegou às 11h45. Medicada, teve piora no quadro de saúde e, após acionamento de ambulância de Cabrália, seguiu para a UPA do Bela Vista, em Bauru, onde deu entrada às 13h55. A menina recebeu soro antiescorpiônico, mas, às 17h25, sofreu parada cardiorrespiratória.

Ler matéria completa

×