Bauru

Regional

900 funcionários de fábrica em Lençóis Paulista protestam por falta de pagamento

Empresa terceirizada pela Bracell não teria pago os seus trabalhadores

por Lilian Grasiela

22/09/2021 - 04h49

Reprodução/redes sociais

Protesto na porta da Bracell reuniu os trabalhadores

Lençóis Paulista - Nesta terça-feira (21), aproximadamente 900 trabalhadores contratados por empresa de engenharia terceirizada pela Bracell fizeram um protesto em frente à unidade do Projeto Star, em Lençóis Paulista (43 quilômetros de Bauru), para cobrar o pagamento de salários e verbas rescisórias, que deveria ter ocorrido na semana passada. A situação é acompanhada pelo sindicato da categoria.

Os trabalhadores prestavam serviço para a Niplan Engenharia, com sede na Capital, e foram contratados para obra de construção da unidade da Bracell. Em nota, a Bracell explica que encerrou o contrato com a Niplan e efetuou todos os pagamentos e obrigações contratuais previstos.

"Cabe ressaltar que é unicamente responsabilidade da Niplan honrar com todos os pagamentos de obrigações trabalhistas e outros débitos. Esclarecemos ainda que não procedem as informações de que a Bracell seja responsável por quaisquer pagamentos", informa a companhia.

Também em nota, a Niplan Engenharia declara que, na última semana, "de forma abrupta e inesperada", a Bracell encerrou o contrato que mantinha com a empresa. "O cliente comprometeu-se em realizar o pagamento das despesas necessárias para o encerramento do contrato", diz.

"A Niplan havia programado os pagamentos para o dia 17/09/2021, última sexta-feira, porém, o valor estabelecido junto ao cliente não foi creditado à empresa, impossibilitando honrar o acordado". A empresa alega que irá atender seus colaboradores em horário comercial, no mesmo endereço.

"O momento exige cautela, mas a Niplan está empenhada em reverter essa situação. Em contato com o sindicato e as entidades da classe, negocia e aguarda a regularização do pagamento pendente.

A empresa esclarece que não compactua com esse tipo de irregularidade, que preza pela transparência e pela ética, está aberta à negociação e aguarda a pronta regularização do acordado com a Bracell".

Ler matéria completa

×