Bauru

Regional

Acusados de ataque a banco em Botucatu passam por julgamento

Audiência de instrução e julgamento começaram ontem e devem terminar hoje

por Marcle Tonelli

23/11/2021 - 05h00

Botucatu - Quatro réus acusados de integrarem o bando que atacou uma agência bancária e aterrorizou Botucatu (100 quilômetros de Bauru), em julho de 2020, passam por audiência de instrução no Fórum da cidade desde ontem. O julgamento deles está programado para ocorrer nesta terça-feira (23).

Ao todo, mais de 20 pessoas são ouvidas na sessão que ocorre por meio de videoconferência. São testemunhas, vítimas, acusados e policiais que participaram das investigações e ações.

Os quatro réus seriam acusados pelo Ministério Público de terem praticado, ao menos, 11 crimes.

Em maio deste ano, outras cinco pessoas foram condenadas, de 9 a 10 anos e 6 meses de prisão, por terem ajudado os criminosos durante o ataque.

Uma outra audiência de instrução está marcada para 25 de novembro e contemplaria outros 3 réus do caso, que teve o processo desmembrado no decorrer das investigações.

RELEMBRE

18 pessoas foram presas pela Polícia Civil após o crime ocorrido entre a noite de 29 de julho e a madrugada de 30 de julho de 2020. Fortemente armado, o grupo utilizou táticas, hoje conhecidas como "Novo Cangaço" ou "Domínio de Cidades", e sitiou a zona urbana de Botucatu. Durante a ação criminosa, populares foram feitos reféns, a saída do Batalhão da PM foi interceptada com um veículo em chamas, um o cofre da agência do Banco do Brasil, no centro do município, sofreu explosão. Na fuga, o bando tentou furar bloqueios, houve troca de tiros por horas entre os ladrões e a polícia e os suspeitos chegaram a atear fogo em veículos nas rodovias. Dois PMs ficaram feridos, sem gravidade, e um suspeito acabou morto.

Ler matéria completa

×