Bauru

Regional

Mulher é presa por manter mais de 50 cães em situação de maus-tratos

Segundo a Polícia Civil, animais estavam em espaço pequeno e sem higiene; eles serão castrados e colocados para adoção

por Lilian Grasiela

22/06/2022 - 05h00

Polícia Civil/Divulgação

Cães estavam em espaços pequenos, sem higiene necessária

Botucatu - Uma mulher de 63 anos foi presa em flagrante pela Polícia Civil, nesta terça-feira (21), em Botucatu (100 quilômetros de Bauru), suspeita de submeter mais de 50 cachorros à situação de maus-tratos. Na residência onde os animais estavam, localizada na Vila dos Lavradores, segundo a polícia, as condições de higiene eram precárias.

A partir de denúncia, policiais civis da Delegacia Eletrônica de Proteção Animal da Seccional de Polícia de Botucatu solicitaram à Justiça autorização para vistoriarem o endereço. Mandado de busca e apreensão foi cumprido ontem de manhã, com o apoio de equipes da Vigilância Ambiental em Saúde (VAS) da prefeitura.

Na casa, em espaços pequenos, sem a higiene adequada, foram encontrados mais de 50 cães, a grande maioria das raças spitz alemão, além de alguns da raça maltês. As condições de maus-tratos, de acordo com informações da Polícia Civil, foram atestadas por uma veterinária do município, por meio de laudo. 

Os animais passarão por avaliação na Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Unesp e, depois, serão chipados e castrados. Posteriormente, eles serão encaminhados para adoção. A mulher, autuada em flagrante pelo crime de maus-tratos, com base na Lei de Crimes Ambientais, permaneceu presa, aguardando apresentação na audiência de custódia.

Ler matéria completa

×