Bauru

Saúde

Tomar banho frio faz bem para a saúde?

O hábito de tomar uma ducha fria supostamente pode trazer benefícios tanto físicos quanto mentais

05/11/2021 - 11h40

Pixabay

A água fria pode melhorar a função cerebral de adultos mais velhos

Banhos frios em prol da saúde foram utilizados pela primeira vez no século 19. Os médicos adotaram em hospitais psiquiátricos e presídios, para esfriar "mentes quentes e inflamadas", e impor medo. Uma matéria veiculada na BBC trouxe evidências de benefícios do banho frio na contemporaneidade.

Estudos realizados na Holanda e na Republica Tcheca supõem que o jato frio seja capaz de fortalecer o sistema imunológico. Na pesquisa holandesa, cerca de 29% das licenças médicas autodeclaradas do trabalho diminuíram após os participantes, num período de três meses, tomarem banhos frios. Já o estudo dos checos constatou um estímulo imunológico em  "homens jovens atléticos" que foram imersos em água fria três vezes por semana, em seis meses.

Ainda segundo a BBC, cientistas acreditam na melhora da circulação sanguínea por consequência da água fria. O fluxo sanguíneo diminui quando a pele é exposta à água fria, e ao finalizar a exposição, o corpo necessita se esquentar, automaticamente, ocorre o aumento da circulação na superfície da pele.

A matéria também aponta evidências na perda de peso e na saúde mental. Outro estudo apresentado, mostrou um aumento de 350% do metabolismo (processo que o corpo converte os alimentos em energia) pela imersão em água fria a 14°C, contribuindo, para um maior gasto de energia e, consequentemente, diminuição da gordura corporal. Já no aspecto mental, a BBC explicou que a função cerebral de adultos mais velhos melhora com a aplicação de água fria no rosto e pescoço.

Ler matéria completa

×