Bauru e grande região

 
Articulistas

Vacinas animam mercados

por Paulo Panossian

18/11/2020 - 05h00

Finalmente, bons ventos sopram pelo mundo! Que, além da derrota do Donald Trump e importante vitória do democrata Joe Biden como novo presidente do EUA, nesta segunda-feira a grande notícia foi do anúncio de mais uma vacina promissora no combate à Covid-19, como do laboratório americano Pfizer, em parceria com a alemã BioNTech! Que os testes já realizados na 3ª fase com quase 50 mil voluntários (sendo mais de 2 mil no Brasil) indicam resultado de 90% de eficácia. Uma esperança que vai se concretizando para imunização da população mundial contra o covid-19!

Também vitória da ciência! Que em tempo recorde, ou seja, depois de apenas 11 meses após a descoberta deste devastador vírus, que, já infectou mais de 50 milhões de pessoas e contabiliza quase 1,3 milhão de óbitos, cientistas estão conseguindo desenvolver vacinas eficazes. Como esta anunciada da Pfizer, a bem encaminhada também a AstraZenica/Oxford e da chinesa Sinovac, o CoronaVac. Esta que o governo de São Paulo anuncia que deve receber no próximo dia 20, um primeiro lote de 120 mil vacinas, de um total de 46 milhões, que parte será produzida pelo Instituto Butantan.

Assim como a AstraZeneca/Oxford, que o governo federal assumiu compromisso de compra de 100 milhões de doses, que deverá ser produzida pela Fiocruz.

Esse quadro animador levou euforia aos mercados, com altas expressivas nas bolsas...

O autor é colaborador de Opinião.

Ler matéria completa