Bauru

Articulistas

25 de outubro, Dia do Cirurgião-Dentista, viva!

por Arsenio Sales Peres

26/10/2021 - 05h00

Em outubro, além do Dia da Criança e da Padroeira do Brasil, o brasileiro tem mais uma grande data a comemorar e a sorrir muito: 25 de outubro dia do Cirurgião-Dentista! A odontologia brasileira é de valor digno de nota e reconhecida mundo afora pela contribuição que presta à ciência e, em particular, às pesquisas odontológicas de alto nível publicadas por nossos pesquisadores cirurgiões-dentistas. É incontestável o avanço da produção científica odontológica brasileira e o impacto de todo este conhecimento na melhoria das condições de saúde, na avaliação dos serviços e políticas de saúde e da educação no ensino superior. Nas coisas da rotina da profissão, não poderia deixar de passar a oportunidade de aclarar aos leigos a nossa odontologia e ao mesmo tempo aclamar os colegas pela dignidade profissional com que servem a população.

É que admitamos toda e qualquer profissão traz na essência a marca indelével de seus artífices, fenômeno presente na classe odontológica, com o enorme carinho e desvelo que operadores e mentores intelectuais possuem. Em quarenta anos envolvido com a profissão odontológica, hoje aposentado, mormente nas andanças iniciais de acadêmico, clínico geral autônomo, militar, servidor público, mestre, doutor, livre docente e mais especificamente como professor universitário que sustentamos a tese que o cirurgião-dentista brasileiro, geralmente e com raríssimas exceções, é um abnegado ao palco fértil para que se externem, inclusive, notáveis talentos para o sustentáculo da saúde do brasileiro. Mais do que isso, gostadores do trato ao ser humano, se debruçam sobre suas tarefas de recompor a função mastigatória, a estética, o sorriso e a autoestima de seu paciente com a maestria de um monge e aplicando a habilidade que lhe é inexorável, tudo aliado a sabedoria que retrata seu perfil profissional.

Ao contrário do que é entendido, o cirurgião-dentista não só aplica técnicas curativas, pois em sua atuação no dia a dia transmite conhecimentos, se dedica a ensinar e, antes e por tudo, o educar lhe assegura o bem-estar daquele que mesmo sem conhecê-lo recebe por consequência o benefício. Ao seu olhar clínico, lado a lado, encontrar-se-á a devoção pelo seu paciente, o que é superlativo para a qualidade de sua obra. Aprimoramento constante para um exercício que dignifique sua competência técnica, compaixão no trato ao seu semelhante lhe assegura o primor no envolvimento com seu semelhante e sem dúvidas, fechando a tríade da relação profissional - paciente, a confidencialidade que permite atuação com requintes de fidelidade. Comemora-se o Dia do Cirurgião-Dentista, mas deixo os parabéns a cada brasileiro, dos mais distantes rincões aos mais próximos logradouros, afinal, o Brasil conta com uma odontologia dedicada, estudiosa e muito acima da média mundial.

Salve o cirurgião-dentista brasileiro!

O autor é professor doutor associado 3 (aposentado) da Faculdade de Odontologia de Bauru de Universidade de São Paulo/FOB-USP.

Ler matéria completa

×