Bauru

Articulistas

A COP-26 e o Planeta Terra

por José Pedro Naisser

06/11/2021 - 05h00

Ainda em curso, na COP-26, na Escócia, os governantes e as empresas tentam buscar ações que poderiam ajudar no combate ao Aquecimento Global e as Mudanças Climáticas, já que o Painel do Clima, órgão da ONU, sentenciou que o homem e as grandes empresas poluidoras são responsáveis pelo desequilíbrio do clima em todo mundo.

Lamentavelmente, o que vimos até agora, e possivelmente o final da COP, é que as empresas poluidoras prometem iniciar a redução do CO2 na Atmosfera e os governantes para 2050, isso se ainda existir vida aqui no Planeta Terra.

Enquanto os debates seguem, o que vemos pelos jornais são as grandes publicações de que agora são todas amigas do Planeta Terra, uma grande fake news e propaganda enganosa, porque eles querem mesmo é o lucro e usam o bônus da terra para suas culturas e deixam o ônus da tragédia da degradação cujas areas poderão virar uma savana, porque a Terra não mais consegue "respirar", vimos isso com relação ao plantio de cana de açúcar na região de Ribeirão Preto, onde a natureza reagiu em legitima defesa e mostrou sua força pela "poeira", que se deslocou depois para o Pantanal, que também sofreu com os incêndios, muitos deles criminosos, levando à morte milhões de animais que não tiveram como escapar do fim, tanto da fauna como da flora.

Esse é o legado que ficará para todos, porque infelizmente o ser humano insensato insiste na degradação da Natureza e da Vida. O Brasil, lamentavelmente, na COP não apresentou nada em favor, mas contra si um passivo a descoberto, pela degradação dos biomas do Cerrado, Pantanal e da Floresta Amazônica.

Esse é o mundo hoje, o resto é o resto.

 O autor é ecologista.

 

Ler matéria completa

×