Bauru e grande região

 
Coluna Animal

Moradores em situação de rua e seus animais poderão se abrigar juntos nas noites frias em Bauru

25/07/2020 - 07h00

No ultimo dia 20, foi comemorado o Dia Internacional do Amigo e da Amizade. Uma data ainda pouco conhecida, mas muito especial. A amizade, desde sempre, inspirou grandes escritores, poetas e músicos. Mario Quintana, por exemplo, falou que "amizade é um amor que nunca morre". Milton Nascimento, em "Canção da America", cantou: "amigo é coisa para se guardar, debaixo de sete chaves, dentro do coração".

Moradores em situação de rua sempre carregam seu melhor amigo, o cachorro, e são inseparáveis, seja durante o dia, e mesmo na hora de dormir. Uma das dificuldades dos locais que oferecem abrigo noturno para essas pessoas é o fato de o melhor amigo do homem, o cão, não poder entrar para se abrigar junto a ele.

Percebendo essa necessidade dos moradores em situação de rua, a Prefeitura Municipal de Bauru e as secretarias do Bem-Estar Social e a dos Esportes não mediram esforços para abraçar a ideia de criar um local que pudesse atender a essa demanda. Foi assim que, no dia 22 de julho, foi inaugurado o primeiro abrigo para a população em situação de rua poder usufruir juntamente com os seus animais nas noites frias de inverno.

No Geisel, no Ginásio de Esportes Darcy Cesar Improta, funcionará o primeiro abrigo para acolher essas pessoas e seus animais, inclusive para passar a noite. Em função da pandemia da Covid-19, cada morador em situação de rua poderá descansar com o seu animal em um box em total segurança, seguindo as regras previstas pela Organização Mundial da Saúde (OMS). O morador em situação de rua terá sua cama e ao lado, a caminha do seu cachorro.

Cada morador ficará responsável por zelar pela higiene do seu cão ou cães, porque não existem limites de cães por morador. A Prefeitura Municipal, através do Conselho Municipal de Proteção e Defesa Animal (COMUPDA) prestará orientação sobre guarda responsável de animais domésticos e providenciará a castração dos animais cujo tutor autorizar.

A triagem dos moradores que serão encaminhados para o ginásio será através da abordagem social, feita por psicólogos e assistentes sociais da prefeitura, para aqueles moradores que já estão nas ruas; e através do Centro Pop (centro para a população em situação de rua passar o dia), um local que acolhe moradores durante o dia. Pessoas que aceitarem o convite serão transportadas até o ginásio, juntamente com os seus animais. Caso o munícipe tome conhecimento de morador em situação de rua para ser abordado pela prefeitura para ser encaminhado ao abrigo, o telefone é 9 8208-0493.

Humanizar o animal não é tratá-lo como humano, mas entender que ele também tem necessidade de abrigo, e sendo esse o melhor amigo do homem, ele não pode ser excluído de ações que visem o bem-estar de moradores que estão na rua. Tratamento digno para todos: humanos e animais, é o nosso lema, nossa bandeira, somente assim, nossa sociedade seguira mais justa e feliz.

Ler matéria completa