Bauru e grande região

Coluna Animal

Dia Mundial do Gato: 17 de fevereiro

13/02/2021 - 18h19

A Coluna Animal dessa semana vai homenagear um animal de estimação muito especial que é o gato, cujo dia mundial é comemorado em 17 de Fevereiro, um das datas escolhidas para homenagear esses animaizinhos tão graciosos e espertos. Sim, uma das datas porque é um animal que tem várias datas oficiais para comemorar seu dia.

O médico veterinário escolhido para essa Coluna é o José Carlos da Silva Bezerra, com décadas de carreira, centenas de felinos tratados, referência em tratamento de felinos em Bauru e região. Bezerra orienta que em relação aos cuidados básicos que os tutores de felinos ofereçam a eles uma alimentação adequada com ração especifica e alimentos úmidos (saches), pelo fato de os gatos beberem pouca água como forma de introduzir água na alimentação dele. Os potes ideais para gatos são os altos e rasos, eles comem pouco e várias vezes ao dia, por isso esses potes evitam que o tutor ofereça ração demais e também não atrapalham as vibrissas que são órgãos sensíveis dos gatos na hora de comer e a altura facilita a deglutição.Também indica que o tutor disponibilize varias fontes de água pela casa com o intuito de estimular o felino a beber mais água e assim evitar doenças renais e urinárias. Também é muito importante levar o animalzinho ao médico veterinário anualmente para fazer um check up, para vermifugação e vacinação. Além da castração que deve ser feita assim que o animal já estiver com a idade que o veterinário oriente a castrar, para evitar doenças e crias indesejadas.

Em relação à segurança do felino, o veterinário salienta que é importante impedir o acesso dele a rua, telando as janelas e portões da casa, para evitar que o mesmo saia e possa vir a se perder ou sofrer algum acidente como atropelamento ou envenenamento. O ideal é criar um ambiente agradável para ele com brinquedos que simulem a caça, que é um comportamento natural do gato, isso estimula o gato a se exercitar. Gatos gostam de arranhar para afiar as unhas, e por isso podem arranhar sofás, cortinas ou camas, pra evitar que façam isso é interessante ter arranhadores para eles em casa.

Com relação a higiene do felino, o veterinário indica que a quantidade de caixa de areia deve respeitar a regra “n + 1” (sendo n o número de gatos) a partir de dois gatos, ou seja se o tutor tiver 3 gatos, colocar 4 caixas de areia, isso diminui a competição entre os gatos da casa pela caixa. A caixa de areia deve ficar longe dos potes de comida e água, pois isso evita a transmissão de doenças alem de ser desagradável para o gato ter que comer do lado do lugar onde ele urina e defeca.

Outra questão importante é deixar a caixa de transporte fazendo parte da rotina do animal para que quando ele precisar entrar , ele não associe com algo negativo como ida ao veterinário em que ele se estressou ou passeio de carro que o deixou enjoado.

Que tal comemorar essa data adotando um gatinho? Caso não possa adotar, você pode homenagear os felinos das seguintes formas: fornecer um lar temporário para felinos em situação de rua, promover a adoção responsável dentro da comunidade, realizar todas as vacinas e exames recomendados pelo veterinário, adquirir brinquedos e arranhadores para enriquecer o ambiente e contribuir com uma organização ou protetora de animais doando ração, areia sanitária, medicamentos veterinários, brinquedos etc.

Thais Boonen Viotto Ferreira

Presidente do Conselho Municipal de Proteção e Defesa Animal de Bauru (COMUPDA) e da Comissão de Proteção e Defesa Animal da OAB Bauru (CPDA OAB Bauru)

Email: [email protected]

Facebook: www.facebook.com/comupda.bauru

Ler matéria completa