Bauru e grande região

Contexto Paulista

Varejo sinaliza retomada da economia no segundo semestre

Esta coluna, publicada pela associação Paulista de Jornais pode ser lida e atualizada em www.apj.inf.br - Publicação simultânea nos jornais da Rede Paulista de Jornais, formada por este jornal e outros 13 líderes de circulação no Estado de São Paulo

11/09/2019 - 06h00

Com um movimento de R$ 58,1 bilhões, as vendas no comércio varejista em junho no Estado de São Paulo tiveram alta de 4,9% em comparação com o mesmo mês do ano passado, segundo a Pesquisa Conjuntural do Comércio Varejista no Estado de São Paulo (PCCV), divulgada esta semana. Entre janeiro e junho deste ano, o aumento foi de 5,4% sobre o mesmo período do ano anterior, o que representa R$ 18 bilhões acima do primeiro semestre de 2018. O resultado de junho foi o maior valor para o comércio varejista desde 2008.

O contexto da melhora

Para a Fecomercio-SP, os estímulos do governo para alavancar a economia com a aprovação da Medida Provisória 881 (MP da Liberdade Econômica) e o encaminhamento da reforma da Previdência foram fatores positivos. A expectativa do setor é de que o governo anuncie também medidas para desburocratizar o ambiente de negócios por meio da reforma tributária.

Capital internacional do skate

De olho nos Jogos Olímpicos de Tóquio em 2020, skatistas da categoria Park de várias partes do mundo participam desde a segunda-feira (9) na capital de um dos maiores eventos da modalidade, o World Skate Park Skateboarding World Championships. Vai até o domingo (15), no Parque Estadual Cândido Portinari.

Conectividade

Para o secretário estadual de Turismo, Vinicius Lummertz, a interiorização pela conectividade vai aumentar mais o turismo e os negócios no Interior de São Paulo. "As atividades turísticas já cresceram 7,7% no primeiro semestre deste ano no Estado, segundo o IBGE, número bem superior à média nacional, de 3,1%. O emprego no setor cresceu 4,4% no período", diz ele.

Economia criativa

"O Estado de São Paulo é o maior polo emissor de turismo da América Latina, e esse segmento é o que mais rapidamente gera empregos e movimenta a economia criativa", entusiasma-se o governador João Dória. "São 3 milhões de postos fixos e temporários em todo o Estado".

Valor da imprensa

"Nunca o papel da imprensa esteve tanto em xeque como agora e nunca nós precisamos tanto da imprensa", afirmou o jornalista Eugênio Bucci em palestra proferida no 2º Fórum de Jornalismo Regional e Comunitário, realizado na capital, e que contou com o apoio da Associação Paulista de Portais e Jornais (APJ). Bucci fez calorosa defesa da importância do livre exercício da profissão. "A imprensa foi criada para fiscalizar o poder. Não há democracia sem imprensa livre por esse motivo".

Pela democracia

"Não se iludam, a imprensa é uma invenção recente e a democracia é uma invenção muito recente, porque nascem juntas", disse Bucci. "A democracia nós estamos conquistando agora e ainda falta muito. Nossa democracia é frágil em vários países, no Brasil também. E se nós queremos acabar com ela, o caminho mais curto é não reconhecer a imprensa, não prestigiar a imprensa, não dar a ela o valor que ela tem."

Renascimento

"Em todo o mundo começa a haver um renascimento da valorização do jornalismo profissional como contraponto aos ataques e à desinformação que vem acoplada a eles" - Marcelo Rech, presidente da Associação Nacional de Jornais (ANJ), em entrevista ao Portal Imprensa.

Ler matéria completa