Bauru e grande região

Contexto Paulista

Melhora o índice de confiança do consumidor

Esta coluna, publicada pela associação Paulista de Jornais pode ser lida e atualizada em www.apj.inf.br - Publicação simultânea nos jornais da Rede Paulista de Jornais, formada por este jornal e outros 13 líderes de circulação no Estado de São Paulo

06/11/2019 - 06h00

O Índice Nacional de Confiança do Consumidor (INC) da Associação Comercial de São Paulo registrou leve alta em outubro: foram 94 pontos, ante 92 em setembro. O indicador se situa no campo do pessimismo (abaixo de 100 pontos), mas está melhor do que em igual mês de 2018, quando registrou 82 pontos num cenário de incerteza e polarização eleitoral. A leve queda do desemprego em doze meses, de 11,9% em setembro do ano passado para 11,8%, em setembro último, ajudou a melhorar o indicador, de acordo com Emílio Alfieri, economista da ACSP. "A economia reage" foi o título desta terça-feira do principal editorial do Estadão. Segundo o jornal, sinais positivos começam a aparecer na economia com a reanimação da indústria imobiliária, juros menores e a expectativa de mais consumo e mais contratações no comércio para as vendas de fim de ano.

Expectativa

Considerando que os juros devem ter novo corte e a liberação de parte do FGTS para 2020 será antecipada, é possível que o ânimo para a compra de móveis e eletrodomésticos aumente, já que as lojas farão promoções na Black Friday e podem alongar prazos de pagamento, segundo analistas.

Pesquisa paulista

Com a participação de pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP), cientistas da Universidade da Califórnia (EUA) desenvolveram um par de óculos capaz de medir o nível de glicose, álcool e vitaminas no sangue do usuário por meio de uma lágrima. A leitura das informações nutricionais é feita por um biossensor em tempo real e os resultados são enviados para o computador ou celular. O trabalho contou com a participação da pesquisadora Laís Canniatti Brazaca, na época doutoranda do Instituto de Física de São Carlos (IFSC) e hoje pós-doutoranda no Instituto de Química de São Carlos (IQSC), ambos da USP. Os resultados foram publicados na revista Biosensors and Bioelectronics.

Impostômetro

O medidor de impostos da Associação Comercial de São Paulo vai marcar R$ 2,1 trilhões às 12h30 desta quarta-feira (06/11). O valor, que representa o total de impostos, taxas e contribuições pagos pelos contribuintes desde o início do ano, será alcançado 15 dias antes do que em 2018, "o que mostra que os brasileiros estão pagando mais tributos aos cofres dos governos municipais, estaduais e federal" segundo a entidade.

Transformação digital

A Associação Brasileira das Empresas de Infraestrutura, Cloud e Serviços na Internet (AbraHosting) reunirá as principais empresas do setor para um encontro com especialistas em transformação digital, inovação e negócios na nuvem durante o Fórum de Inovação e Tecnologia 2019, no dia 3 de dezembro na capital. Os organizadores do evento esperam atrair cerca de 400 representantes da comunidade de inovação, empresários, executivos, investidores, enfim, todos os profissionais e pessoas interessadas em tecnologia, marketing e negócios com foco na nova economia. O comunicador multimídia Marcelo Tas será convidado especial e farão palestras representantes de empresas como Ace Startups, Stefanini, MLabs, UPX Technology, Ilumeo, Interney e Gympass.

Proteção animal

O deputado Jorge Caruso (MDB) apresentou projeto de lei que visa proibir e coibir maus tratos na venda de animais em "feiras de rolo", feiras-livres e praças públicas do Estado de São Paulo. O projeto não proíbe as feiras de adoção, mas sim a comercialização dos animais em espaços públicos. "É necessário coibir qualquer tipo de maus-tratos, e isso é comum em algumas feiras de comercialização", diz Jorge Caruso.


Ler matéria completa