Bauru e grande região

Contexto Paulista

PIB paulista poderá subir 4.9% em média em 2021

04/01/2021 - 08h32

A Fundação Seade divulgou relatório de final de ano sobre o desempenho da economia paulista em 2020 e a projeção para o ano novo. Segundo a entidade, o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) em 2021 para o Estado de São Paulo deve variar entre 4,3% e 5,6%, com média de 4,9%.

Volta ao passado

A projeção da economia paulista em 2021 é feita com base no estudo PIB+30, que representa cerca de 97% do PIB total e que permite observar as estatísticas preliminares da economia do Estado de São Paulo. De acordo com a Seade, em comparação a outubro, o PIB+30 de novembro avançou 0,8%, continuando em patamar superior aos níveis anteriores à pandemia. E na comparação de novembro com igual mês do ano anterior, o indicador registrou evolução de 4,9%.

Números positivos

Entre os meses de setembro e outubro, a economia paulista cresceu 0,6 % com evolução positiva nos setores da agropecuária (1,6%), serviços (0,4%) e indústria (0,1%). Na comparação com igual mês do ano anterior, o PIB apresentou acréscimo de 3,2%, com aumento nos serviços (4,0%), na indústria (3,1%) e recuo de -3,4% na agropecuária.

Feliz Ano Novo

Segundo a Seade, apesar dos riscos envolvendo cenários previstos, os resultados já alcançados para as principais variáveis até outubro permitem maior segurança em relação às taxas projetadas. Dessa forma, as projeções do Seade para o PIB paulista, em 2020, tiveram uma pequena melhora em relação à edição anterior do levantamento.

Sustentatibilidade

Com financiamento de R$ 191 milhões do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), a empresa espanhola Powertis S.A. vai construir três usinas fotovoltaicas, com capacidade instalada de 90 megawatts (MW) de energia, no município de Pedranópolis, no Interior Paulista.

Empregos

O complexo fotovoltaico produzirá energia renovável para abastecimento de 125 mil residências. As obras deverão gerar cerca de 1,4 mil empregos. O complexo tem entrada em operação prevista para dezembro de 2021. O projeto utiliza energia vinda do sol e é, portanto, fonte limpa e renovável, de acordo com a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar).

Meio ambiente

Além de contribuir para a preservação do meio ambiente, por meio da redução das emissões de gases poluentes na atmosfera, a energia fotovoltaica auxilia na economia de energia elétrica para o consumidor. O infográfico Absolar, atualizado no último dia 24 de novembro, revela que, desde 2012, o Brasil registra mais de 7 gigawatts (GW) de energia solar operacionais, contabilizando mais de 1,1 milhão de toneladas de gás carbônico (CO²) evitadas. O setor envolve mais de R$ 35,4 bilhões em novos investimentos privados. A energia fotovoltaica participa com 1,6% da matriz elétrica nacional.

Piracicaba: cheia de encantos

Piracicaba é sim, como diz a letra de sua música uma cidade “cheia de encantos”. Além do seu maravilhoso rio que tem o mesmo nome, há dezenas de lugares incríveis e que fazem parte do cartão postal da cidade e da sua história. Em uma enquete realizada pelo Jornal de Piracicaba (Rede APJ), os leitores selecionaram os sete melhores pontos turísticos da cidade, as chamadas as sete maravilhas.

As 7 maravilhas

São estes os principais pontos turísticos da cidade, segundo os leitores: Engenho Central, Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” (Esalq), Rua do Porto, bairro Monte Alegre, Parque do Mirante, Horto Florestal e Mercado Municipal. As sete maravilhas de Piracicaba são parte da história da cidade e de momentos importantes da sua trajetória, lembra o jornal.

Jundiaí: inovação

De modo pioneiro na América Latina, Jundiaí oferece aos usuários do transporte público do município uma nova facilidade: cartões de todas as bandeiras com tecnologia por aproximação (símbolo com quatro ondas) poderão ser utilizados diretamente nos ônibus para o pagamento da tarifa urbna. A inovação é resultado de parceria entre a prefeitura local, a MasterCard, a concessionária Transurb (Transportes Urbanos de Jundiaí) e a Prodata Mobility. Após as fases de testes, os 300 ônibus foram equipados com validadores específicos, para aceitar o mesmo cartão de crédito, débito e pré-pago usado para outros tipos de compras, além smartphones, smartwatches ou pulseiras de pagamento. A informação é do Jornal de Jundiaí, da Rede APJ.

Bauru: parcerias

Bauru é um dos 21 municípios com mais de 100 mil habitantes premiados no Programa Parcerias Municipais do Governo do Estado, através da Secretaria de Desenvolvimento Regional, e receberá R$ 350 mil. A cidade apresentou os planos de ações ao governo do Estado em sete desafios prioritários: ampliação do acesso à creche, universalização do acesso à pré-escola, melhoria da qualidade do ensino fundamental, redução das taxas de mortalidades infantil e materna, redução dos óbitos prematuros por doenças crônicas não transmissíveis, fortalecimento das redes de combate à violência sexual e promoção de ambientes menos suscetíveis a roubos. A informação é do Jornal da Cidade (Rede APJ).

Ler matéria completa