Bauru e grande região

Contexto Paulista

Cadeia de alimentos supera desafio do abastecimento em plena pandemia

14/04/2021 - 11h43

Em plena pandemia do coronavírus, deflagrada a partir do primeiro caso no final de fevereiro de 2020, assegurar o abastecimento da população é um desafio de empresas e gestores públicos. O Grupo Técnico de Monitoramento do Abastecimento de Alimentos e produtos agropecuários no Estado de São Paulo, formado e coordenado pela Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado, desde março de 2020 monitora o setor com um constante diálogo com todos os elos da cadeia, como os produtores, entrepostos, cadeia logística, entidades representantes dos supermercados e do foodservice para propor alternativas ao escoamento dos produtos do agro paulista.

Agricultura familiar

A Secretaria de Agricultura e Abastecimento está realizando a entrega dos kits do “Projeto Cesta Verde - PAA”, resultado de um termo de adesão assinado pelo governo paulista com o Ministério da Cidadania, que prevê o repasse, diretamente aos produtores cadastrados, de uma verba total de R$ 10,5 milhões. O projeto garante ganhos nas duas pontas: os agricultores familiares podem escoar a sua produção e ter retorno financeiro assegurado, e as famílias que mais precisam, recebem os kits com 10kg de frutas, verduras, legumes e tubérculos. Cerca de três mil famílias foram atendidas até o momento, com aproximadamente 300 produtores participando. No total, 420 mil cestas verdes serão entregues no Estado até outubro.

Mercado virtual

Para conectar todos os agentes da cadeia do agro, a secretaria lançou em 2020 a plataforma “Agro SP” (www.agrosp.sp.gov.br). Nesse ambiente online e gratuito, os produtores rurais paulistas poderão ter contato com mercados, feiras, restaurantes, distribuidores e consolidadores; assim como os compradores, ou seja, representantes de empresas que comercializam alimentos (supermercados, atacadistas, restaurantes, sacolões, feiras-livres etc), também poderão acessar a ferramenta para encontrar e fazer negócio com produtores das mais diversas cadeias produtivas.

Incentivos

Para apoiar pequenos negócios e evitar o aumento dos preços ao consumidor final, o leite pasteurizado voltou em abril a ter isenção de ICMS na venda para o comprador. A alíquota de 4,14%, que havia sido estabelecida em janeiro deste ano, deixará de ser cobrada. No caso da carne, os estabelecimentos enquadrados no Simples Nacional, em sua maioria açougues de bairro, tiveram redução de 13% para 7% de ICMS na compra de carne para revenda.

Na Baixada

A Santos Port Authority (SPA) lançou edital de chamamento público para projetos visando à implantação e gestão do túnel submerso ligando Santos ao Guarujá. Os estudos devem levar em conta as necessidades de mobilidade urbana entre os dois municípios para atender pedestres, ciclistas, automóveis e transporte público (ônibus intermunicipal e VLT, por exemplo). A obra “garantirá maior segurança da navegação, comparado com a opção da balsa e das viagens de catraias, e um maior aproveitamento do canal de navegação, com consequente aumento da eficiência na operação portuária”, afirma o diretor-presidente da SPA, Fernando Biral (Portos & Navios). 

Hospital de Amor

Com o objetivo de contribuir para o desenvolvimento do ecossistema de inovação, o Sebrae-SP e o Hub Harena Inovação, espaço de inovação do Hospital de Amor, lançaram o Healthtech Barretos, um programa de aceleração para startups de saúde 100% online e gratuito. As inscrições podem ser feitas até o dia 21 de abril. Segundo o diretor-superintendente do Sebrae-SP, Wilson Poit, entre as prioridades do órgão estão o suporte a startups e a potencialização das vocações empreendedoras do Interior Paulista.

Planeta

Trabalho realizado pelo Comitê de Apoio à Gestão Ambiental, do governo estadual, foi indicado para concorrer ao “The Earthshot Prize”, uma premiação de incentivo à transformação e restauração do mundo nos próximos 10 anos. Os objetivos para o planeta são: proteger e restaurar a natureza, melhorar a qualidade do ar, revitalizar os oceanos, construir um mundo sem resíduos e mitigar as mudanças climáticas.

De vento em popa

O Mercado Livre vai duplicar o seu quadro de funcionários em 2021, segundo o site Mercado e Consumo. Dos 16 mil novos postos diretos de trabalho em toda a América Latina, 7.200 serão contratados no Brasil.

Investimento

A Construtora Tenda destinou R$ 28 milhões em investimentos na implantação de um projeto voltado para cidades do Interior de São Paulo. Campinas foi escolhida para sediar o primeiro escritório da companhia em uma metrópole fora de uma capital. A expansão contempla uma fábrica de casas em Jaguariúna, que deve entrar em operação no segundo semestre de 2021 e vai alavancar o plano da construtora de olho em negócios para o Interior Paulista. Projeto piloto está em andamento nas cidades de Mogi das Cruzes e Leme. (O Liberal, Rede APJ).

Expansão

A Rede de Supermercados Pague Menos anunciou sua chegada a Valinhos e a reforma de duas lojas em Americana em breve. Para o segundo semestre, inauguração de lojas em Itu e São João da Boa Vista; e em 2022, novas lojas em Campinas, Mogi Guaçu e Atibaia.

Ler matéria completa