Bauru

Contexto Paulista

São Paulo consolida posição de maior produtor de etanol do País

29/09/2021 - 09h15

São Paulo mantém a liderança entre os estados brasileiros no que se refere à produção, ao consumo interno e às exportações de etanol, bem como em quantidade colhida de cana-de-açúcar. A produção total de etanol no território paulista ampliou-se de 8,7 milhões m³ para 16,7 milhões m³ entre os anos de 2003 e 2019. Os dados são de estudo da Fundação Seade, que analisa a indústria dos biocombustíveis no Estado de São Paulo, maior produtor de etanol do país.

 

Colheita

A maior quantidade colhida de cana-de açúcar em território paulista (15,9% do total) foi registrada na região de São José do Rio Preto, que mais que triplicou em relação à de 2003 (de 18,7 milhões de toneladas para 67,9 milhões t), seguida pela região de Araçatuba, com alta de 186%. A região de Presidente Prudente avançou de 8,2 milhões t para 34,3 milhões t. Entre os 518 municípios paulistas o destaque em 2019 é para Morro Agudo, na região de Franca (7,6 milhões t).

 

Vendas internas

Em relação ao etanol hidratado, entre 2003 e 2019 as vendas internas da produção paulista tiveram alta de sete vezes (de 3,2 milhões m³ para 22,5 milhões m³), com São Paulo ampliando sua participação de 44,1% para 51,8% no total do Brasil.

 

Exportações

Em volume, as exportações paulistas de etanol cresceram no mesmo período de 391 mil m³ para 1,9 milhão m³. Em 2019, os principais destinos foram os EUA (60,6%) e a Coreia do Sul (27,9%). No que se refere aos valores comercializados, o saldo da balança comercial paulista teve resultados positivos. Em 2019, o superávit foi de US$ 777 milhões, o maior montante desde 2013 (US$ 1,6 bilhão) e quase o dobro do saldo nacional (US$ 396 milhões).

 

Biodiesel

O uso do óleo de soja na fabricação de biodiesel vem crescendo desde 2006, quando a mistura desse produto com o diesel fóssil se tornou obrigatória no Brasil. Em 2019, foram utilizados 4,1 milhões m³ do produto, que correspondem a 67,8% do total de insumos. As vendas internas de biodiesel cresceram 55% entre 2016 e 2019 (de 3,8 milhões m³ para 5,9 milhões m³), com cinco estados concentrando, em 2019, quase dois terços das vendas das distribuidoras do país, liderados por São Paulo, com participação de 21,1%. Outros tipos de biocombustíveis vêm sendo desenvolvidos e ganham importância no Estado de São Paulo, em especial a bioeletricidade e o biometano produzidos a partir de resíduos da cana-de-açúcar.

 

Cidade inteligente

Jaguariúna, no Interior Paulista, se manteve pela terceira vez consecutiva como a cidade brasileira mais inteligente e conectada dentre os municípios de 50 mil a 100 mil habitantes segundo o Ranking Connected Smart Cities, estudo elaborado pela Urban Systems em parceria com a Necta. A edição 2021 do estudo conta com 75 indicadores, cinco a mais que o ano anterior. Além de ficar com a liderança entre as cidades de menor porte, Jaguariúna foi ainda a 19ª colocada no ranking geral. Jaguariúna, que fica na Região Metropolitana de Campinas, foi ainda a 13ª colocada na avaliação do eixo Governança e 21ª em Tecnologia e Inovação. A cidade também é a 10ª mais bem posicionada no recorte da região Sudeste. O primeiro lugar no ranking geral ficou novamente com a capital paulista e o segundo foi para Florianópolis, seguindo-se Curitiba, Brasília, Vitória, São Caetano do Sul, Rio, Campinas, Niterói e Salvador.

 

Tecnologia

Jaguariúna destaca-se por contar com 25,8% dos empregos formais em ocupações no setor de tecnologia da informação e comunicação (TIC); 100% de cobertura da população por sinal de 4G; 30,5% dos empregos formais ocupados por profissionais com ensino superior e velocidade média das conexões de banda larga contratada de 123 mbps.

 

Iluminação

Para Karina Florido Rodrigues, assessora da Secretaria Municipal de Planejamento Urbano, lembra que a cidade acabou de aprovar lei para a formalização de PPP (Parceria Público Privada) para a iluminação, que irá implantar 100% de pontos de led no município, com benefícios para a economia e a segurança”. Jaguariúna está investindo ainda no Programa “Jaguariúna sem papel”, que pretende passar todos os novos processos para o digital. Além disso, poderá ser uma das cidades pioneiras no País a receber o 5G.

 

Toyota em Sorocaba

A Toyota concluiu a mudança do seu quadro administrativo da unidade de São Bernardo do Campo para Sorocaba no mesmo terreno onde a companhia mantém a produção dos modelos Corolla Cross, Yaris e unidades do compacto Etios para exportação. Ao todo 400 funcionários passam a realizar atividades no novo prédio. Foram transferidas para Sorocaba as áreas de marketing, recursos humanos, comercial, compras, financeira e jurídica.

 

Breves

* O governo estadual criou o roteiro turístico do Peão de Boiadeiro integrando os municípios de Barretos, Bebedouro, Colina, Monte Azul Paulista e Viradouro.

* A brincadeira com pipa poderá se tornar esporte regulamentado no Estado de São Paulo se for aprovado projeto de autoria do deputado Sebastião Santos (Republicanos).

Ler matéria completa

×