Bauru

Contexto Paulista

Governo traça estratégia de crescimento sustentável do turismo no Estado

22/11/2021 - 10h28

Pela segunda vez, o Centro de Inteligência da Economia do Turismo, do governo estadual, fará a pesquisa de Percepção do Turismo junto à população do Estado de São Paulo. Serão envolvidos 395 municípios, que englobam 70 estâncias turísticas, 140 municípios de interesse turísticos (MITs) e 185 cidades das 49 regiões turísticas. O projeto começa nesta segunda-feira (22) se estenderá até o final de janeiro de 2022. O objetivo é avaliar “como o morador vê o turismo da região onde mora”. O link da pesquisa será enviado para as 395 prefeituras. Para o governo, a pesquisa fornecerá dados para as secretarias estadual e municipais medirem a satisfação dos moradores. A intenção é de realização frequente para que o crescimento sustentável do turismo no estado esteja alinhado com os valores da população.

Empregos

A primeira pesquisa – 2020/2021 – envolveu 183 municípios entre estâncias e MITs, com 11.252 respostas. As perguntas têm os seguintes focos: o turismo é bom para a cidade, para a região, para a população, beneficia a economia, gera empregos, ajuda a preservar e celebrar a cultura local? Para acessar o resultado da primeira edição: www.turismo.sp.gov.br/ciet

Frase

“O Estado de São Paulo tem vocação para receber o turista. Em nenhuma cidade você encontra uma oferta tão grande de atrativos naturais como praias, rios, montanhas, cachoeiras e fazendas a pouquíssimas horas de um dos mais completos centros urbanos do mundo”, diz o secretário estadual de Turismo, Vinícius Lummertz.

Em Brotas

Brotas inaugurou obras em dois espaços turísticos, em um investimento de R$ 1,1 milhão: o Centro de Arte e Artesanato e o Parque dos Saltos.

5G vem aí

O governo paulista enviou projeto de lei para a Assembleia Legislativa a fim de padronizar a situação das antenas nos municípios, uma exigência para a chegada do 5G. Foi anunciada uma linha de crédito de R$ 3 milhões de apoio aos primeiros 200 municípios que regularizarem suas legislações - R$ 15 mil por cidade. A estimativa da equipe econômica é que São Paulo movimente R$ 266 bilhões até 2025, com aplicações em setores como infraestrutura, áreas sociais e agronegócio.

Pós-pandemia

O Sebrae disponibilizou em seu portal o Guia de Tendências 2022-2023. O material é gratuito e tem o objetivo de orientar os micro e pequenos empresários nas tomadas de decisões tendo como parâmetro as transformações de mercado no pós-pandemia. As pessoas terão acesso às principais tendências comportamentais e mercadológicas, cases de empresas que se reinventaram na pandemia e conteúdos atualizados em vídeos e textos, diz Maurício Reck, consultor do Sebrae.

GameSP

Anunciada esta semana o lançamento do GameSP, programa do governo estadual para fortalecer o ecossistema de Jogos Digitais no estado de São Paulo e estimular jovens da rede pública estadual a criar interesse pelo e-sports. A iniciativa terá investimento de R$ 20 milhões. O objetivo do programa é oferecer, pela primeira vez, uma política pública específica para o desenvolvimento deste setor, com a realização de eventos e campeonatos.

Investimento no ABC

Líder na produção de cloro, soda e PVC na América do Sul, a Unipar anunciou que investirá R$ 100 milhões para ampliar sua capacidade de produção na unidade de Santo André, instalada no Polo Petroquímico de Capuava, divisa com Mauá. O aporte será destinado à instalação de um novo eletrolisador para produção de cloro e soda cáustica e implantação de um forno de ácido clorídrico. O início estimado da operação é no segundo semestre de 2023. (Diário do Grande ABC, Rede APJ).

 

Em Prudente

Em Presidente Prudente, foi inaugurado o Max Atacadista Guanabara, que gerou mais de 350 novos empregos (250 diretos e 100 indiretos), somando cerca de 1 mil vagas do Grupo Muffato na cidade. (O Imparcial, Rede APJ).

Em Botucatu

A prefeitura de Botucatu anunciou o início da construção da fábrica da Dexco em dezembro. Com investimento de R$ 600 milhões e capacidade de produção de 10 milhões de m² por ano, a companhia terá a primeira fábrica com tecnologia 4.0 desde sua inauguração. Todas as linhas de produção iniciarão seus trabalhos já robotizadas, com autodiagnóstico de máquinas e prontuários para manutenção via mobile.

Em Osasco

A Meritor, um dos maiores fabricantes de eixos do País, reforçou seus investimentos em manufatura nos últimos anos para modernizar a linha de produção na sua fábrica em Osasco, a fim de levá-la em direção à Indústria 4.0. No ciclo de aportes entre 2014 e 2021, foram destinados US$ 18,6 milhões em novos softwares, processos de manufatura e robotização. (Automotive Business).

Conjuntura favorável

* Pela primeira vez em um ano e meio, as maiores operadoras de shoppings do Brasil conseguiram vender mais do que antes da pandemia. Aliansce Sonae, BRMalls, Iguatemi e Multiplan vinham registrando quedas nas vendas dos lojistas, mas com o avanço da vacinação e o fim das restrições para os centros de compras, o quadro se inverteu.

* A Associação Comercial de São Paulo registrou alta de 14,5% nas vendas durante a primeira quinzena de novembro, na comparação com igual período de 2020.

 

Ler matéria completa

×