Bauru

Conversando com o Bispo

Preparai os caminhos do Senhor

05/12/2021 - 05h00

Tempo do advento: O Advento é tempo de conversão a Deus, tempo de aplainar as montanhas do Senhor, para endireitar as veredas, preencher os vales, aplainar as montanhas, a fim de que mais uma vez o reino de Deus chegue até nós no Natal.

Segundo domingo do Avento: Conforme o Evangelho da Santa Missa de hoje - Lc. 3, 1-6 - São Lucas põe em destaque a pregação de João Batista que convida à conversão a Deus enquanto atitude de espera no Senhor que vem. João Batista é o grande profeta do Antigo Testamento, aquele que prepara imediatamente a vinda do Messias e endireita o seu caminho. São Lucas situa a vocação do Batista na história universal, que é História de Salvação. Sua pregação já deixa entrever a natureza da salvação que Deus a dá por sua misericórdia através de Jesus Cristo e não por merecimento pessoal nosso. Naturalmente, isso exige conversão de vida que começa com uma resposta humilde de fé da nossa parte à bondade de Deus. E segue depois da fé pela prática de ações concretas de arrependimento dos pecados e consequente mudança de vida. São Lucas diz que a Palavra de Deus foi dirigida a João no deserto. E que ele percorreu toda a região do Jordão, pregando um batismo de conversão para o perdão dos pecados, citando palavras do profeta Isaías: "Esta é a voz daquele que grita no deserto: preparai o caminho do Senhor, endireitai suas veredas. Todo vale será aterrado, toda montanha e colina serão rebaixadas; as passagens tortuosas ficarão retas, e os caminhos acidentados serão aplainados. E todas as pessoas verão a salvação de Deus". Assim termina o trecho do Evangelho da Missa deste domingo.

Hoje acende-se na coroa do Advento a segunda vela, agora simbolizando a paz. A primeira acesa no domingo passado simbolizou a esperança. A Liturgia do Advento, preparando-nos para o Natal, nos anima a esperar o Senhor que vem nos trazer o dom da paz e a preparar os caminhos do Senhor, pois Ele está chegando mais uma vez neste ano.

O convite do Advento é para vestirmos as vestes penitenciais da conversão de vida, do arrependimento pelos pecados, do empenho na oração mais intensa e devota, na prática do bem e no testemunho de fé, esperança e caridade. Quanto maior a festa melhor deve ser a sua preparação. Preparemo-nos para o santo Natal do Senhor com esperança e alegria, mas com mais oração, coração contrito, mãos cheias de boas obras e pés firmes na estrada da vida, testemunhando alegremente a nossa vida cristã, que abraçamos desde o nosso batismo, a confirmamos na Crisma e a alimentamos na Eucaristia.

A pregação de João Batista, ouvida no Evangelho de São Lucas, é um forte apelo à conversão, dirigido a nós, a fim de nos prepararmos bem para a celebração do santo Natal, começando pelo arrependimento dos pecados e procurando o perdão que a Igreja nos oferece na confissão sacramental. Com esperança e alegria, preparemos ainda mais o caminho do Senhor, intensificando a oração e a caridade.

Eis que vem nosso Deus Salvador.

Ler matéria completa

×