Bauru

Daniela Hueb

Cuidado com a pele no outono

10/04/2022 - 05h00

Pixabay

Os dias de verão ficam para trás. O tempo se torna mais seco e o vento fragiliza nossa pele. Pode reperar: nos dias de outono, com vento e frio, é comum os lábios ficarem mais sensíveis e descamando. As mãos e o rosto, partes mais expostas, também sofrem. Mas nem tudo é má notícia, viu? Quando chega o outono, chega junto o período em que os raios solares ficam menos intensos, o que favorece fazer procedimentos estéticos para recuperar a saúde e a beleza da pele. Na coluna de hoje, vou dividir com você diversas dicas que facilitam seu dia a dia e ajudam a manter a pele em dia. Vamos começar?

Por que os cuidados mudam? O outono e o tempo frio deixam a pele mais fragilizada porque a baixa umidade do ar e as temperaturas mais frias fazem com que a nossa pele fique ressecada. Além disso, é comum que a gente ultrapasse os limites do que é um banho saudável: deixando a água bem mais quente e prolongando o tempo. Por isso, é preciso acertar seus hábitos. E é disso que falo a seguir.

1. Ingestão de água Pode ser que nos dias de outono você sinta menos sede e acabe tomando menos água. Muito cuidado aí: nossa pele segue precisando do líquido, em geral, acima de dois litros. Lembrando que o suficiente de água tem a ver com seus hábitos, mas o essencial é quantidade que faça com que a urina saia mais clara, não amarelo-forte. Não se esqueça, é água mesmo. Não sucos ou refrigerante.

2. Cuidados no banho Evite sempre banhos longos, tente não passar de cinco minutos. Também cuide que a temperatura do chuveiro seja de morna a fria, jamais quente. A água quente retira a proteção natural da pele, tornando-a mais áspera e ressecada. Também, nesse período, cuidado com o excesso de esfoliações e o uso de esponjas muito abrasivas, como as buchas vegetais. Use apenas de acordo com as indicações de seu médico dermatologista. Além disso, você pode aplicar óleos vegetais na pele antes do banho, antes mesmo de se ensaboar. Isso ajuda a preservar a pele. Quanto aos sabonetes, recomendo opções hidratantes à base de glicerina vegetal.

3. Use bons hidratantes Se ainda não usa hidratante após o banho, essa é a estação pra começar a usar. Preferencialmente após o banho, aplique no corpo todo e reforce a aplicação em áreas que tendem a ressecar mais, como cotovelos, mãos, pés e joelhos. Em geral, não indico qualquer hidratante. É importante usar produtos enriquecidos com ureia, óleo de semente de uva, lanolina ou ceramidas. Peça ajuda a seu dermatologista nessa escolha, combinado?

Assim, você garante que usa o produto certo. Para o rosto, não custa lembrar que usamos outro hidratante, diferenciado, próprio para a região. Seu dermato também pode ajudar na escolha.

4. Cuide dos lábios Eis aí uma região que sofre nessa época. Por isso, não dá pra descuidar. Antes de dormir, é recomendado usar um balm labial hidratante, que recupera a pele. Durante o dia, use o mesmo balm ou algum outro que contenha proteção solar. Se você usa batom, pode passar o balm antes do batom. E cuidado extremo: jamais morda os lábios para retirar pelinhas ressecadas, isso machuca muito. Se estiver ressecado, faça uma esfoliação nos lábios usando açúcar e mel, na sequência aplique o balm. Para dormir, você pode até usar nos lábios pomadas de bebê com dexapantenol na fórmula - hidrata bastante!

5. Aplique filtro solar Não é porque os raios solares ficam menos intensos que o filtro solar se torna dispensável, pelo contrário. Ele é item obrigatório e protege sua pele da radiação, que segue exisitindo e causando possíveis rugas e até câncer de pele. Use um para o rosto e outro para as regiões do corpo expostas, como mãos, braços, pernas etc.

6. Tenha um creme hidratante e balm sempre perto As mãos ficam mais ressecadas e merecem quantas doses de hidratante você julgar necessário. O balm na bolsa ou na mesa de trabalho, evita que você passe a língua nos lábios, piorando o ressecamento.

7. Vá ao dermatologista Por último, mas não menos importante. Vá com frequência ao dermatologista. Além de recomendar os produtos certos, o profissional te ajuda a entender quais tratamentos estéticos podem ser indicados para sua pele, como peelings, toxina botulínica, ácido hialurônico, ultrassom, entre outros.

Ler matéria completa

×