Bauru

Daniela Hueb

Skincare para peles negras

22/05/2022 - 05h00

Pixabay

Quando se fala em pele negra, muita gente acredita que, por ter mais pigmento e não ficar vermelha ao sol, esse tipo de pele nem precisa de protetor solar. Assim, é possível se expor ao sol em qualquer horário e sem filtro solar. Engano, e dos grandes. As peles negras têm maior concentração de melanina e, com isso, é mais fácil sofrer com melasma e com a hiperpigmentação, que podem ser agravados com a exposição solar sem proteção.Tem mais: qualquer processo inflamatório ou que cause irritação acaba gerando o escurecimento da pele, visto que, no processo de cicatrização, é ativada a pigmentação. Por isso, este texto traz várias dicas de cuidados diários para manter sua pele saudável no longo prazo. Vem comigo entender o que é preciso fazer!

Características principais

Não é só a maior concentração de melanina, pigmento que dá cor à pele, que faz a diferença. Veja algumas características recorrentes da pele negra:

* A pele negra também conta com camadas cutâneas mais unidas em uma estrutura rígida que a torna mais firme e resistente do que a pele branca, tornando o colágeno mais resistente. Porém, o fato de que rugas podem demorar mais a surgir nas peles negras não tira a importância dos cuidados.

* Existe maior tendência à oleosidade e ao desenvolvimento de acne, pois as glândulas sebáceas das peles negras produzem mais sebo. Como este tipo de pele mancha com mais facilidade, evite sempre espremer as lesões.

* Ainda, por conta da tendência à oleosidade e pelos encaracolados, pessoas de pele negra apresentam pelos encravados e foliculite (inflamação e/ou infecção do orifício por onde o pelo se exterioriza) com mais frequência.

* Outra patologia comum é a dermatose papulosa nigra, que nada mais são do que lesões com pequenos pontos acastanhados a negros - eles são elevados e surgem na face. O tratamento é simples: com cauterizações ou curetagem pode-se resolver o problema, tendo muito cuidado para não desenvolver outras manchas na tentativa de remover as lesões sem ajuda médica, ok?

Cuidados essenciais com a pele negra

Agora que você já conhece as características, vamos às dicas de skincare para uma pele ainda mais bonita e saudável!

> Proteção solar

Tudo bem que a pele negra não fica vermelha e tem menor chance de desenvolvimento de câncer de pele, mas isso ainda não significa que ela está livre de câncer. Por isso, o protetor solar segue sendo necessário diariamente, no rosto e demais áreas expostas. Em geral, um fator de proteção de 30 FPS é suficiente, mas evite usar menos que isso. Converse também com o dermatologista para usar um tipo livre de óleo e que evite agravar a oleosidade.

> Oleosidade

A oleosidade é combatida com os produtos certos. Veja com o dermatologista. Sabonetes à base de ácido salicílico duas vezes ao dia, esfoliantes uma ou duas vezes na semana e sérum anti-oleosidade e hidratante são essenciais!

> Hidratação

Vale lembrar que oleosidade não é o mesmo que hidratação. A oleosidade é o acúmulo de sebo, já a hidratação é garantir a reposição de água nas camadas da pele. Por isso, peles negras pedem hidratação em todo o corpo após o banho, o que evita que áreas como cotovelos e joelhos fiquem esbranquiçadas. Vale ainda fazer esfoliação para ajudar na remoção das células mortas, evitando o acúmulo de sebo tanto no rosto quanto corpo, com produtos específicos e na frequência indicada pelo dermato da sua confiança.

> Anti-idade

Não é porque o colágeno em pele negra não se degenera tão fácil que você vai deixar de usar soluções anti-idade e com vitamina C. É essencial seguir a rotina indicada por seu médico. Há ainda tratamentos que melhoram a textura da pele.

Tratamentos

Para foliculite e questões de melanose, existem opções de tratamento como laser e peelings. Antigamente, o laser era recomendado com cautela para quem tem a pele negra, mas hoje existem várias opções apropriadas a esse tipo de pele. Então, é só seguir minhas dicas e se consultar com seu dermatologista com frequência. Assim, mais que bonita, sua pele se torna saudável de verdade.

 

Ler matéria completa

×