Bauru

Davison de Lucas

Oportunidades

01/05/2022 - 05h00

Acontece com todos nós de, inesperadamente, surgir um problema. Geralmente a primeira reação é a negação. Depois vem a indignação, e outros possíveis sentimentos nada positivos. Com isso, normalmente, o emocional fica balançado. É nessa fase em que precisa-se buscar o equilíbrio, para poder pensar com os pés no chão. As perguntas pipocam na mente: o que realmente aconteceu, por quê reagi assim? Exemplo: se as palavras ditas a você te descontrolaram, significa que os outros podem te controlar na conversa. Uma mente organizada classifica os problemas dividindo-os em aqueles que você deve suportar e resolver; outros que, por enquanto, não tem alternativas de resolução, mas que um dia terão; os que o próprio tempo resolverá; e os imaginários, muito comum em períodos de rápidas mudanças. Mas o mais importante é aceitar os obstáculos. Nessa linha de raciocínio, se tem risco tem perspectiva. Em outras palavras, a ameaça existe para que a oportunidade se manifeste, na mesma linha de raciocínio que Albert Einstein afirmou que o frio não existe, é apenas ausência de calor, bem como o mal também não existe, mas sim há ausência do bem. É aqui que reside um dos principais propósitos do problema: gerar possibilidade de oportunidade, que prefiro chamar de melhoria. O músico John Lennon afirmou: "Não existem problemas, apenas soluções". Tenho um amigo que valoriza ter problemas. Ele afirma categoricamente: "Com problemas minhas inteligências se ampliam" Quando o encontro e pergunto se "está tudo bem", ele responde dizendo: "graças à Deus estou cheio de problemas maravilhosos". Peter Drucker, escritor e consultor de empresas, disse: "Os resultados vêm do aproveitamento de oportunidades e não da solução de problemas. Oportunidades significam explorar novos caminhos". Em se tratando de problemas, aprendi que são também indicadores, mostrando a existência de algum desalinhamento na sua jornada. A Vida, com seus mecanismos inteligentíssimos, o tempo todo está procurando alinhar os desalinhados. Geralmente queremos muitas coisas ao longo da vida, e acredito que, em cada idade, vem um novo propósito, a não ser que você esteja parado no tempo. Você está? Pessoas desalinhadas geram confusões em suas vidas, e essas desorganizações tornam-se tão severas que as pessoas ficam paralisadas. Com isso, surgem frustrações. Ser amigo dos problemas deixa a vida mais leve, mais prazerosa e mais valiosa.

Ler matéria completa

×