Bauru

Du Mauad Sports

'Olimpíadas, Brasileirão e Formúla 1 !'

02/08/2021 - 07h18

REBECA FAZ HISTÓRIA ! OURO NA GINÁSTICA

.

Espetacular é pouco pra definir essa menina de 22 anos ! Tem que colocar mais uns 10 adjetivos aí. Pode escolher a vontade que ela merece.

Com 2 saltos ela cravou a medalha de ouro no peito.

Pra quem já tinha uma de prata, essa dourada coloca Rebeca Andrade no topo dos atletas brasileiros nessa Olimpíada do Japão. A 1ª mulher que sobe ao pódio duas vezes em uma mesma edição dos Jogos.

Pode ficar mais bonito, mais histórico e mais espetacular ainda se ela conquistar a 3ª medalha (no solo).

Ela disse que pensou em fazer tudo “se divertindo”, mas a real é que são muitos (a maioria na verdade) que sucumbem e deixam os nervos atrapalhar na hora do “vamos ver”...

Rebeca não deixou escapar a oportunidade. Assim se faz um campeão. Campeã no evento mais esperado, mais importante, onde todos sonham em ganhar. Deu Rebeca Andrade ! Prata na final individual geral e ouro no salto.

Será que vem mais no solo ? Bom, só de misturar na música de apresentação Bach com “Baile na Favela” (e ter ficado legal), ela já merecia mais um ouro !

FRATUS FELIZÃO DE VERDADE ! BRONZE NATAÇÃO

.

Finalmente Bruno Fratus pode soltar o grito. E que grito!

Medalha de bronze na prova mais rápida da natação (50 m livres).

Aos 32 anos, depois de amargar um 4º lugar em Londres 2012 e um amargo 6º no Rio 2016, finalmente veio o pódio olímpico.

Depois de soltar o famoso “não, to felizão” ao perder a prova no Rio (respondendo a uma pergunta desnecessária da repórter do Sportv), a alegria e o alívio estavam na cara do Bruno.

Medalha no peito e beijo na boca da esposa e técnica Michelle Lenhardt. Uma das imagens mais bonitas desses Jogos Olímpicos.

.

A MEDALHA MAIS INESPERADA DE TODAS: TÊNIS

.

Elas nem pensavam em ir pras Olimpíadas. Cada uma levando a sua vida faltando uma semana pra começar a disputa no Japão.

Luisa Stefani, 23ª no ranking de duplas (a melhor colocação de uma brasileira no WTA desde que começou em 1975), estava em Miami onde mora. Laura Pigossi, 188ª do mundo, nem sonhava, estava disputando uma semi em um Torneio no Casaquistão...

Mas aí começa o conto de fadas.

Eduardo Frick, gerente de esportes da Confederação Brasileira de Tênis, resolveu inscrever a dupla (sem elas saberem), “vai que muita gente desiste...” ele pensou.

Faltando 1 hora (você não leu errado, 1 hora mesmo) o COI avisou que havia sobrado uma vaga por desistência. Ligações, correria e vamos fazer história !

Luisa e Laura conseguiram a 1ª medalha do Tênis em Jogos Olímpicos. Aquela mesma que o Meligini deixou escapar por um ponto em Atlanta 1996 e nem o ídolo Guga conseguiu.

E não pense que ganharam de ninguém. Bateram na disputa do bronze, a dupla russa (3 vezes campeãs de Grand Slam) com direito a reverter um 5/9 no super tie break. Essas provaram que enquanto tem bambu... tem flecha.

Surreal ! Épico ! #BRONZEAMOS

VAMOS MUDAR A COR DESSAS 2 MEDALHAS: BOXE

No boxe os brasileiros Abner Teixeira (categoria 81 a 91 Kg) e Hebert Conceição (até 75 kg) garantiram duas medalhas pro Brasil.

Com a vitória sobre o jordaniano, Abner garantiu a vaga na semifinal e com isso tem pelo menos o bronze, já que os perdedores da semi não lutam pelo terceiro lugar. Mesmo feito do baiano Hebert.

Agora é lutar (no caso literalmente) pra dourar essas medalhas de bronze que já estão garantidas.

FICOU PELO CAMINHO : FUTEBOL FEMININO

No jogo da madrugada de sexta, a seleção feminina de Futebol decepcionou e ficou no 0x0 contra o Canadá, perdendo a disputa de pênaltis por 4x3.

O pior é que o Brasil esteve à frente desde o começo da disputa, já que Barbara defendeu o primeiro pênalti, mas a goleira canadense Stephanie Labbé defendeu os dois últimos chutes, colocando o Canadá na semi.

Deu ruim a estratégia pra fugir dos EUA (ganhando de pouco da “poderosa” Zambia).

Bater boca feio pelas redes sociais como fez a nossa goleira também não ajudou.

A CAMINHO DO BI : FUTEBOL MASCULINO

“Só faltam dois !” Se você já ouviu isso deve estar com mais de 30...

O Mestre Zagallo fazia a contagem jogo a jogo na Copa de 94.

Depois de bater a Seleção do Egito por 1 a 0, gol de Matheus Cunha (bom centroavante), falta passar pelo México na semi pra disputar o Bi Olímpico. México que nos tirou o ouro em 2012.

Agora é torcer pro Santos (goleiraço do Athletico) fechar o gol e deixar a molecada da frente; Pombo, Antony e Claudinho resolverem com a ajuda do multi campeão Daniel Alves.

Será que vem mais um ouro aí?

MAIS UM JOGO PRA HISTÓRIA : VÔLEI MASCULINO

Que jogoooo fizeram Brasil e França no Vôlei !

Recorde histórico de pontos nos Jogos Olímpicos: 249 com 128 pros brasileiros.

Final Brasil 3 sets a 2, garantindo o 2º lugar do grupo.

Agora é vencer o Japão nas quartas em jogo decisivo que acontece amanhã.

Bruninho como sempre, mandando muito bem como levantador. Agora o que estão jogando Lucareli, Leal e Wallace é brincadeira !

VAR 2 (ou 3) x SÃO PAULO 0 x 0 PALMEIRAS

Já esta na hora de rever o VAR. Impedimento de centímetros tem que desconsiderar, já que não existe equipamento tão confiável assim.

Lances de bola dentro ou fora do gol, impedimentos claros não marcados, faltas que não foram vistas: ok.

Tirar o gol por diferença mínima na posição do jogador, que as vezes nem a imagem consegue identificar, tem que acabar.

Tem muita gente comigo nessa opinião.

NÃO DEU JOGO : CORINTHIANS 1 x 3 FLAMENGO

Em 50 anos acompanhando o Corinthians nunca vi um time tão apático, tão entregue. Não deu jogo, o Flamengo fez 3 no 1º tempo e descansou no 2º.

Parecia um jogo de um time profissional contra uma mescla de veteranos e juvenis. Não tentou nem brigar, nem ofereceu resistência.

O Corinthians fez somente 5 ou 6 faltas no jogo todo.

Final: Fla 3 a 1 (era pra ser mais).

TODO MUNDO COMEMORA

Muito legal a idéia das Tvs que estão cobrindo os Jogos de Tokyo ao mostrar a comemoração dos narradores e comentaristas a cada medalha brasileira durante a transmissão.

Vibração imensa e emocionante (menos o Maestro Junior)...

O MUNDO COMENTOU: NOVAK DJOKOVIC

.

Feio demais a atitude do numero 1 do Tênis. Foi pro Japão com a certeza de que levaria o ouro. Perdeu a semi pro alemão Alexander Zverev (que acabou campeão) e ao perder a medalha de bronze pro espanhol Carreño Busta, deu vexame.

Atirou raquete na arquibancada, quebrou outra no pé da rede e o pior, não disputou o bronze na dupla mista.; deixando na mão a compatriota Nina Stojanovic.

Não se espera isso de um ídolo...

TEVE FÓRMULA : GP DA HUNGRIA

Vitória inesperada em Hungaroring. Com muita chuva e acidente na largada, o francês Esteban Ocon conseguiu a 1ª vitória na carreira e de quebra a 1ª vitória da sua equipe, a Alpine.

Espetacular e emocionante a corrida na Hungria.

Lewis Hamilton chegou em 3º e agora lidera o Mundial de Pilotos com 192 pontos (6 de vantagem sobre Max Verstappen).

A briga tá boa demais !

MOMENTO MAGUILA

Salve pro “Professor” Varlei de Carvalho, técnico que fez história no nosso Norusca e em muitos times pelo Brasil.

Assista as entrevistas e se INSCREVA no DU MAUAD Sports no Youtube

Contato : @dumauadsports (Instagram) [email protected]

Ler matéria completa

×