Bauru

Du Mauad Sports

Athletico é campeão da Sula!

22/11/2021 - 05h00

.

FURACÃO VENCE COM GOLAÇO DE NIKÃO

ATHLETICO CONFIRMA QUE É UM DOS GRANDES

Quantos títulos o Athletico Paranaense vai ter que conquistar pra provar que é um dos grandes do futebol brasileiro? A sequência de conquistas dos últimos anos só confirma a tese de que há tempos o Furacão é um dos maiores do país. Durante um bom tempo, tínhamos os 12 “grandes”: os 4 paulistas, os 4 cariocas, os 2 mineiros e os 2 gaúchos. Pode abrir espaço pra confirmar o time paranaense nesse grupo. O retrospecto nas 2 últimas décadas é bem superior, por exemplo, ao do Vasco e do Botafogo.

Campeão do Brasileirão de 2001, da Copa do Brasil de 2019, da Sula por 2 vezes (2018 e 2021), além do vice da Libertadores 2005, colocam o Athletico em outro patamar. Além da ótima estrutura financeira, o time é duro de ser batido (principalmente na Arena da Baixada). No sábado, venceu a boa equipe do Red Bull Bragantino por 1 a 0 e conquistou seu 2º titulo de Copa Sul-Americana. A equipe tem um excelente goleiro, o jovem Santos, uma dupla de zaga que passa confiança (Pedro Henrique e Thiago Heleno), um meio campo consistente comandado por Erick e Léo Cittadini e um ataque faz a diferença, com Renato Kayser, Terans e Nikão. Mandando no jogo no 1º tempo, o Furacão marcou o seu gol num belo voleio do Nikão. Segurou o ritmo no 2º tempo, sofrendo pouco e levantou o título pra alegria de uma das mais apaixonadas torcidas do Brasil.

PARABÉNS ATHLETICO!

NÃO TÁ BOA A FASE DO PALMEIRAS

Nesse sábado (dia 27) tem o jogo do ano pro Palmeiras: Flamengo no Estádio Centenário, em Montevidéu, valendo o tri campeonato da Libertadores. Não é pouco, é jogo grande demais. E o Verdão chega um tanto quanto pressionado. São 3 derrotas seguidas, a última no sábado passado, pro Fortaleza por 1 a 0. A mais difícil de engolir, os 2 a 0 que o São Paulo aplicou no Allianz. Talvez Abel Ferreira tenha colocado uma pressão desnecessária, ao escalar um time reserva no clássico paulista. Porém, o que mais assusta foi o fraquíssimo desempenho que a equipe titular (acredito que só faltava Felipe Melo) mostrou no Castelão. Raphael Veiga apagado, Dudu jogando “em cima da linha” lateral e Rony sem “ver a bola”, deixaram o torcedor alviverde apreensivo. Sintomático foi a reação dos 2 pilares do time, Weverton e Gustavo Gomez, tendo uma discussão muito pesada após o gol do Fortaleza.

Semana pra colocar a cabeça no lugar, fazer uma boa partida contra o Galo amanhã e ir com confiança pra Montevidéu.

POR QUE O CORINTHIANS NÃO JOGA ASSIM FORA DE CASA?

A pergunta não serve apenas para o time do Corinthians. Cabe também pra muitas equipes do futebol brasileiro. Por que jogam tão diferente em casa? O Timão em seu estádio, vai pra cima, cria inúmeras chances de gol, marca sob pressão e sufoca o adversário. Fez tudo isso contra o Santos, no jogo de ontem e venceu por 2 a 0, dominando do começo ao fim. Fora de casa, tem uma postura completamente oposta. Parece “sentir a pressão”. Esse é um mal que atinge muitos times. Com o forte elenco que tem agora, o Corinthians poderia tentar “propor o jogo” também longe da Neo Química Arena. É algo que o Técnico Sylvinho deveria por em prática já no jogo desta 4ª feira, contra o Ceará, no Castelão. Renato Augusto joga demais e Jô fez uma ótima partida. Do lado do Peixe, muito pouco a falar. Acuado, teve uma cabeçada perigosa do Tardelli no fim do 1º tempo e foi dar um chute ao gol nos acréscimos. O time do Carille volta a se preocupar com o rebaixamento. Com a vitória, o Corinthians chega ao G4 pela 1ª vez nesse Brasileirão.

BOTAFOGO É CAMPEÃO DA SÉRIE B

O Botafogo é campeão da Série B ! Ontem à tarde, o Fogão conquistou seu segundo título pela 2ª divisão. Com a soma da sua vitória sobre o Brasil de Pelotas e a derrota do Coritiba, os botafoguenses fazem a festa com esse acesso mais do que merecido. O time da Estrela Solitária está de volta a elite do futebol brasileiro.

FÓRMULA 1: ESTÃO DEIXANDO O HAMILTON ”GOSTAR DO JOGO”

.

O Circuito de Losail, no Catar, viu ontem mais uma vitória de Lewis Hamilton, a 7ª na temporada, dessa vez de ponta a ponta. Tranquilo com a pole position e vendo o seu rival Max Verstappen largando em 7º (por causa da uma punição no treino de sábado), o inglês administrou com folga a liderança. Com a vitória, o “Patrão” reduz a diferença pra apenas 8 pontos. A próxima etapa (a penúltima do ano) acontece dia 5 de dezembro, em Jeddah, na Arábia Saudita, em um Circuito estreante na Fórmula 1. Nenhum piloto conhece o Jeddah Corniche Circuit, o que vai deixar a próxima corrida ainda mais imprevisível. Agora a briga pelo título ficou séria. Verstappen tinha 20 pontos de vantagem ao chegar em Interlagos e viu a diferença diminuir pra 8 pontos. Uma nova vitória de Hamilton deixará tudo pra última prova (dia 12). A melhor temporada da Fórmula 1 nos últimos 20 anos promete emoção até a última volta.

NBA: O MONSTRO GREGO BATE MAIS UM RECORDE

.

Se tem uma coisa que americano gosta é usar estatística no esporte. Em se tratando de NBA, os números dos jogadores em quadra são anotados desde 1951. No sábado, Giannis Antetokounmpo registrou o melhor aproveitamento em quadra durante 30 minutos, desde que os números começaram a ser registrados. Com impressionantes 30 pontos, 20 rebotes e 5 assistências, o “Monstro grego” ajudou os Bucks na vitória sobre o Orlando Magic, por 117 a 108. Antetokounmpo mostra que pode buscar o seu 3.º título de MVP em temporada regular na NBA.

NFL: DE OLHO NO BILL BELICHICK

Bill Belichick é o treinador principal do New England Patriots desde o ano 2000. Ou seja, 21 anos comandando uma das maiores franquias da NFL. Belichick tem 6 anéis de campeão do Super Bowl, todos eles conquistados junto com seu “pupilo” Tom Brady. A saída do famoso quaterback deixou dúvidas se o treinador iria conseguir manter os Patriots competitivos. Após a semana 11, essa pergunta já tem resposta. O New England Patriots é o time mais “falado” da NFL nesse momento. Com 5 vitórias seguidas, invicto fora de casa e com uma campanha de 7 vitórias e 4 derrotas (na 2a. posição da AFC Leste), os Patriots “botam medo” nos adversários. Bill está fazendo o QB Mac Jones jogar muito bem e a defesa é sem dúvida uma das melhores da Liga. Se tem alguém na NFL que sabe montar um time pra vencer, esse alguém se chama Bill Belichick. É aposta certa nos playoffs o time de New England.

TÊNIS: O ANO É DE ALEXANDER ZVEREV

.

A grande maioria esperava que o ATP FINALS tivesse Novak Djokovic e Daniil Medvedev no jogo decisivo. No sábado, o alemão Alexander Zverev já frustrou muita gente ao derrotar o número do 1 do mundo (Djokovic) por 2 sets a 1 e se credenciar a enfrentar Medvedev na final. Ontem, Zverev abusou de jogar tênis. Foi pra cima, disparou pancada de direita e esquerda, sacou muito bem e venceu o russo por 2 sets a 0, com um duplo 6/4. Esse é o ano do “Sascha”. O alemão com a vitória de ontem fecha com chave de ouro a temporada. Campeão olímpico, jogador com mais títulos no ano na ATP (6), vencendo todas as finais que disputou e com o maior número de vitórias (57). Quebrando um tabu que vinha desde 1990, Zverev venceu o número 1 na semi e o número 2 do ranking na final, alcançando seu 2º. título de ATP FINALS.

Que ano hein “Sascha” !

1º RENOVE OPEN DE TÊNIS NA AABB

.

O 1° Renove Open de Tênis da AABB, jogado na quadra rápida da Veterana, conheceu neste domingo os campeões das Categorias A e C. O tenista de Pederneiras, Léo Pontes foi o vencedor da C, ao bater André Esteves de Barra Bonita por duplo 6x2. Já na Categoria A, o Professor Thiago Escola não deu chance a Cláudio Risso (Neno) e aplicou 6x2 e 6x1, levando o belo troféu de Campeão.

FALA TORCEDOR!

“Curitiba parou ontem, metade por inveja, metade por paixão ao meu Furacão !”

Ricardo Constantino (torcedor fanático do Athletico)

MOMENTO MAGUILA

O SALVE de hoje vai pras campeãs do Gabriela Barbosa e Joana Sampaio Ribeiro, que venceram em Belo Horizonte, o maior Campeonato de Hipismo do ano !

Assista as entrevistas e se INSCREVA no DU MAUAD Sports no Youtube

Contato: @dumauadsports (Instagram) [email protected]

Ler matéria completa

×