Bauru

Du Mauad Sports

O milagre do Alfredão

09/05/2022 - 05h00

Jogadores do Noroeste

O “EU ACREDITO” estava no título da nossa Coluna da segunda passada (dia 2). Esse sentimento estava na cabeça e no coração de muitos noroestinos. O departamento de Marketing do Norusca fez uma belíssima campanha. Vídeos muito bem feitos, posts nas redes sociais, uma quantidade enorme de ingressos vendidos. Sábado (dia 7) era o dia D. O dia da Decisão. O dia do Acesso. Tínhamos que vencer. Não só vencer, éramos obrigados a vencer por pelo menos 2 gols de diferença um time que em 4 partidas não havíamos nem vencido ainda...

Chegou o dia e a torcida compareceu em massa. Vou falar uma verdade aqui: muitos que estavam com o “EU ACREDITO” nas mãos não acreditavam tanto assim. Mas a enorme maioria acreditava. Todos foram porque são noroestinos. Porque era o jogo mais importante do ano. O tudo ou nada. Mesmo com aquela pontinha de desconfiança na cabeça: Tantas vezes na “trave”. Tantas vezes tão perto e o acesso não veio. Nem pense nisso...

Mesmo antes de começar, o espetáculo era lindo. Um Alfredão praticamente cheio, as luzes dos celulares acesas e o grito de “EU ACREDITO” em mais de 7.000 vozes. Foi de arrepiar. Não só o torcedor. Os jogadores e comissão técnica também. Muitos deles confidenciaram isso...

Mas aí o jogo começou. Aí o nervosismo e a ansiedade foram tomando conta. O Noroeste fez um 1º tempo fraco. Deixou o São Bernardo “gostar do jogo”. Poucas chances. A única de verdade com Guilherme Teixeira dentro da pequena área num desvio de cabeça do Diogo (que fez um ótimo jogo). O tempo passou, a 1ª etapa chegava ao fim e 0 a 0 no placar. Os 90 minutos que tínhamos pra fazer 2 gols, agora eram só 45...

Na volta do intervalo as alterações que mudaram a cara do jogo. O Professor Luiz Carlos Martins foi preciso, foi o diferencial. Tirou Jonatas Paulista e Marco Goiano. Colocou Jefferson e Bala. Deslocou Egito pra lateral direita. Puxou Blade pro meio campo. Só deixou Maranhão cuidando da marcação. Foi perfeito! O time voltou bem melhor e abriu o placar com Luiz Thiago logo aos 2 minutos. Alfredão pegou fogo. Só que aí o São Bernardo passou a fazer (ainda mais) o que sabe fazer de melhor: catimbar. Era jogador no chão a cada lance. Irritante. Um anti-jogo que nunca vi em mais de 50 anos de futebol. Nem time argentino eu vi fazer tanto isso...

O tempo ia passando. Pelo menos 2 gols feitos perdidos. Veio a aflição. Mais confusão. Jogador do time do ABC ganhando tempo e brigando até com o maqueiro (boaaa Ari!). Se realmente existem os “Deuses do Futebol”, eles não podem premiar um time assim. Goleiro deles cai de novo (8ª, 9ª vez ?) e aí já era tensão. Escanteio. Quase 38 do 2º. Desvio perfeito de cabeça do Leleco (que havia entrado no lugar do Maranhão). Defesa espetacular do goleiro (quase dentro do gol) e a bola bate, cola, encontra o peito do capitão Guilherme Teixeira. GOOOOOLLLLLL !!!

Inacreditável. Como assim inacreditável? Todo mundo acreditava (até que aqueles que não acreditavam tanto assim) no acesso. E ele veio. O 2º GOL. O gol do alívio. O gol da explosão de alegria no Alfredo de Castilho. Vi muita gente chorando. De emoção e de felicidade. De amor a um time que é movido pela paixão. Paixão “sem limites” da Torcida Sangue Rubro, do torcedor das antigas, da nova geração, de toda uma cidade. Fim de jogo. 2 a 0. Era só o que a gente precisava. Era tudo que a gente precisava. SUBIMOS! Estamos na Série A2 do Paulista no ano que vem. Todos que estavam lá presenciaram o “MILAGRE DO ALFREDÃO”. Uma das noites mais felizes do torcedor do Norusca. Inesquecível. Que venham muitas mais!

AGORA É BUSCAR O TÍTULO

Noroeste

Ainda não acabou. O Norusca tem um título pra ganhar. Agora vai encarar o Comercial de Ribeirão Preto em 2 partidas pra se conhecer o campeão da Série A3 de 2022. Primeiro jogo em Bauru e o segundo em Ribeirão, no Palma Travassos.

É momento de fazer mais uma belíssima festa no Alfredão. Lotar de novo o estádio. Agradecer a todos que tornaram esse sonho possível. Agradecer ao Professor Luiz Carlos Martins. Esse foi o 20º acesso do “Mister”. “Brabo” demais. Valeu toda comissão técnica e Diretoria. E aplaudir todo elenco. Pablo, Eduardo, Carlinhos, Blade, Guilherme Teixeira, Felipe Costa, Hygor Ribeiro, Gabriel Teixeira, Diogo Calixto, Denilton, Jonatas Paulista, Rogério Maranhão, Marco Goiano, Léo Couto, Jefferson Alves, Pereira, John Egito, Diogo, Luiz Thiago, Vinícius Bala, Leléco, Caio Barbosa, Thiaguinho Moraes e se esqueci de alguém, considere-se parabenizado. Obrigado por nos livrar do “mal” da A3. Valeu demais!

A primeira partida deve acontecer nesse sábado (dia 14), no Alfredo de Castilho. A Federação Paulista de Futebol define o horário ainda hoje.

CARLOS ALCARAZ: O QUE VOCÊ VAI SER QUANDO CRESCER?

Carlos Alcaraz

Impressionante o talento e a força do espanhol Carlos Alcaraz. Ele acabou de completar 19 anos (dia 5 de maio agora). E os feitos não param de acontecer. São 5 títulos em 5 finais de ATP, sendo 2 em Masters 1000. Ontem ele simplesmente atropelou o alemão Alexander Zverev na final do Masters de Madrid. Um massacre: 6/3 6/1. De quebra, ele passa a ser o tenista mais jovem a vencer na capital espanhola.

Na história do tênis mundial, só ele conseguiu vencer Rafael Nadal e Novak Djokovic em jogos seguidos de um mesmo torneio no saibro. O moleque não cansa de entrar pra história do tênis. A pergunta que fica é: o que Carlos Alcaraz vai ser quando crescer?

NBA: BUCKS E WARRIORS NA FRENTE

Giannis Anttokounmpo

As semifinais de Conferência da NBA seguem com 2 jogos na noite de hoje. Às 20h30 em Milwaukee, os Bucks recebem o Boston Celtics. Liderando a série por 2 a 1, uma vitória coloca o time de Giannis Anttokounmpo muito perto da final do Leste. O Boston vai ter que segurar o “Gigante Grego” que anotou 42 pontos no jogo 3.

No lado Oeste, quem pode ficar perto da final é o Golden State Warrios que lidera a série por 2 a 1 contra o Menphis Grizzlies. Muito forte jogando em casa, a equipe de Stephen Curry quer abrir vantagem, Esse jogo começa às 23h.

MOMENTO MAGUILA

Torcida de Noroeste

O SALVE de hoje não pode ser pra uma ou algumas pessoas. Tem que ser pra todo mundo. O abraço vai pros 6.469 torcedores que estiveram no Alfredão no último sábado vivendo um momento mágico!

Assista as entrevistas e se INSCREVA no DU MAUAD Sports no Youtube

Contato: @dumauadsports (Instagram) [email protected]

Ler matéria completa

×