Bauru e grande região

José Milagre

O celular e seu cérebro

por José Milagre

08/09/2019 - 07h00

David Meyer é psicólogo norte-americano e professor da Universidade de Michigan. Ele estimou que o poder dos smartphones em processar e executar inúmeras funções pode mexer com a cabeça das pessoas. Ao migrar de um App para outro você está defasando seu cérebro. Segundo o pesquisador, até 40% do tempo produtivo do cérebro é comprometido com a troca intensas de atividades. É para se preocupar… Você se considera alguém que não vive sem Apps e redes sociais, daqueles que tem que checar o celular a todo o instante? Fique atento!

Projeto de Lei define ficar sem Internet como pena!

Tramita no Congresso o Projeto de Lei 4503/2019, que altera o Código Penal e o Código de Processo Penal. Pelo projeto, a proibição de acesso à Internet passa a ser incluída no rol de penas restritivas de direitos. A iniciativa é do deputado Mauro Heringer (PDT/MG) e é válida para pessoas que cometem crimes pela Internet ou semelhantes. Segundo o deputado, o escopo é "segregar o criminoso da ferramenta utilizada para o cometimento do crime, minimizando, assim, os riscos para a sociedade". A justificativa é que faltaria uma medida específica para quem comete este tipo de crime que, cumprindo pena restritiva, poderia continuar aplicando golpes e usando a tecnologia para más finalidades.

Golpe usa foto da Turma da Mônica

Bandidos estão utilizando uma foto "dócil" para espalhar, via aplicativos e WhatsApp para crianças, mensagens para que estas obtenham dados de cartões de seus pais. A imagem "inocente" informa que para participar da turminha, tudo o que a criança tem de fazer é passar o número do cartão de crédito da mamãe, os “3 numerozinhos atrás” (código verificador) e a data de expiração. Mauricio de Sousa já publicou nota de que não se responsabiliza pelo golpe! Muito cuidado, converse com seu filho e oriente-o a jamais responder mensagens com qualquer informação.

Recadastramento de chips Pré-pagos. Enfim!

Começou neste dia 2 de setembro a segunda fase do recadastramento de proprietários de chip pré-pago, determinada pela Anatel. A nova fase abrangerá 17 Estados (incluindo São Paulo) e tem o objetivo de evitar fraudes comuns na ativação desta modalidade de chip. O prazo para recadastramento termina dia 27 de setembro e, a partir de março de 2020, as operadoras usarão um novo modelo antifraude para ativação das linhas pré-pagas. As operadoras irão avisar os clientes com pendências por meio de SMS. As linhas não recadastradas serão bloqueadas por 30 dias, até que o cliente regularize. Se você possui chip pré-pago, consulte sua operadora.

Dúvidas e comentários

Envie suas dúvidas, sugestões e comentários para que possamos tratar e repercutir na coluna. E-mail para [email protected] e não se esqueça de se inscrever em nosso canal, onde trago vídeos semanais sobre inovação e tecnologia: www.youtube.com/josemilagre

Ler matéria completa