Bauru e grande região

Leonardo de Brito

Pura emoção

por Leonardo de Brito

13/08/2019 - 06h00

O Palmeiras só empatou com Bahia e desperdiçou a chance de ficar a um ponto do Santos. Jogo polêmico por atuação do famigerado VAR, mas o Alviverde caiu de rendimento após a pausa para a Copa América. São cinco jogos sem vencer no Brasileirão. Não ganhou um ponto domingo, perdeu dois, porque empate em casa contra time mediano tem sabor de derrota. Já o Santos, perdeu para um gigante no campo do dono de três Mundiais e segue líder com três pontos a mais que o 2º colocado. Foi um belo clássico, com cinco gols e sem medrosos, já que os rivais foram ofensivos o tempo todo em tarde de Pato. Ele pode até ser displicente, mais interessado em pegar mulher bonita, só que joga muito. Eu queria Pato no Peixe.

Tá bom

Em fraca partida o Corinthians conseguiu bom resultado ao empatar com Internacional, já que o duelo foi no Beira-Rio e Timão continua no G6

Desafios

Após fazer ótimo trabalho no Fortaleza, Rogério Ceni tem dois desafios no Cruzeiro: ganhar a Copa do Brasil e tirar o time celeste da zona de rebaixamento de degola. O novo técnico cruzeirense estréia contra o Santos domingo em BH

Só alegria

Além da festa dos seus 119 anos, a Ponte Preta venceu o Dérbi 194, saltando para o 7º lugar na Série B e afundando o Guarani no Z4

Positivo

O 2º lugar nos Jogos Pan-Americanos foi um resultado inédito em 56 anos para o Brasil, que ficou atrás só dos Estados Unidos, e à frente do México, Canadá e Cuba. Nossa delegação, a menor da história, repetiu em Lima o desempenho positivo de São Paulo/1963, enquanto os EUA são campeões em 16 das 18 edições do Pan

Memória

Paulistão/2008: Noroeste 3 x 2 Marília, em Bauru, gols de Luciano Bebê, Bonfim e Otacílio Neto. Camilo fez os dois do MAC. Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira. Noroeste: Fabiano; Éder (Alexandre Luz), Bonfim, Éder Monteiro e Marcelo Santos; Ralf, Júlio, Edno e Bebê; Vandinho e Otacílio. Técnico: Márcio Bittencourt. Marília: Mauro; João Marcos, Gum e Vinícius; Júlio César, Rafael Fefo, João Vítor, Romeu e Cleiton Cearense; Camilo e Magno (Wellington Silva). Técnico: Jorge Rauli

Aquele abraço

Aquele abraço parça, ex-craque Luisinho Madureira

Ler matéria completa