Bauru e grande região

Maria Luiza Canedo

Próxima parada: Itália

por Maria Luiza Canedo

31/07/2019 - 10h45

Destino dos sonhos, a Itália é conhecida como o berço da civilização. País este que abriga o maior número de cidades consideradas Patrimônio Mundial da UNESCO, além de ser uma superpotência no que diz respeito à arte, moda, cultura, arquitetura, história e muito mais.

A Itália tem um território com cerca de 301.338 km², sendo a quinta nação mais populosa da Europa e 23ª do mundo. Com quase 3 mil anos de história, a região oferece uma infinidade de passeios culturais com aproximadamente 100 mil monumentos que narram todo esse enredo.

No norte podemos encontrar um misto de moda e design, combinados com montanhas e lagos paradisíacos, representados por Milão, Gênova, Veneza, Verona e o maravilhoso Lago di Garda. Na região da Toscana temos cidades medievais, vinhos maravilhosos e o particular aroma das trufas italianas. E ainda no centro, a cosmopolita capital italiana (Roma), com suas numerosas fontes e um legado de tirar o fôlego. Já no sul da Itália, podemos encontrar as cidades paradisíacas: Nápoles, Costa Amalfitana, Sorrento e muitas outras.

A melhor forma de circular pelo país é alugando um carro, assim é possível garantir as paradas estratégicas pelos vilarejos encantadores ao longo do caminho. Nesse caso, é necessário levar a PID - Permissão Internacional para Dirigir, documento emitido no Brasil. Contudo, para quem não gosta de dirigir, os trens também são uma excelente opção. A malha ferroviária italiana passa pelas principais cidades turísticas e oferecem uma boa estrutura.

A moeda local é o euro e não é necessário visto para entrar no país, apenas passaporte com validade mínima de 6 meses, passagem aérea de retorno, bem como as reservas dos hotéis ou Carta Convite assinada por um cidadão italiano (caso não fique em um hotel), seguro viagem internacional com franquia mínima de 30 mil euros de cobertura sanitária, e ainda, recursos financeiros para se manter durante a viagem.

O clima na Itália varia muito de acordo com a época do ano. No inverno têm regiões que chegam a temperaturas abaixo de zero e muita neve. Já no verão é possível encontrar os termômetros nas alturas, com variações de 40°C a 20°C graus nos períodos da tarde e noite, respectivamente. As épocas de chuva variam conforme a estação e a região. Quando programar a viagem, fique atento nessas datas para não "entrar em uma fria" ou chuva, literalmente.

Impossível falar da Itália e não mencionar sua gastronomia. A culinária italiana é rica em massas, risotos, molhos e embutidos. Conhecida mundialmente como o país da pizza e dos gelatos, onde cada prato típico é originário de uma região diferente. A famosa Pizza Napolitana como vemos na versão atual, por exemplo, foi criada em Nápoles. O Risotto alla Milanese tem sua origem em Milão. Já o Macarrão à Bolonhesa, obviamente, é originário da cidade de Bolonha. Porém, independente da região é inegável que se come muito bem na Itália. Para equilibrar as refeições, vale investir nas deliciosas "insalatas" que estão presentes no cardápio da maioria dos restaurantes e não deixar de provar, em hipótese alguma, as saborosas e aromáticas trufas italianas.

Como Arquiteta e mentora de Marketing para Instagram, já tenho meu roteiro definido para a próxima viagem. Quem quiser acompanhar mais desse destino maravilhoso fique de olho no Instagram @marialcanedo durante o mês de agosto.