Bauru e grande região

 
Reinaldo Cafeo

Gás de cozinha: aumento de 5%

26/07/2020 - 05h00

Desde a semana passada o gás de cozinha teve preço médio elevado em 5%. Este preço foi majorado pela Petrobras fazendo com que o preço para distribuidora seja de R$ 26,55 por botijão de 13 kg. No acumulado no ano, mesmo com este reajuste, o preço médio registra queda de 4,5%.

Taxa de desemprego: 12,4%

A taxa de desemprego atingiu 12,4% em junho, segundo o IBGE. Alta de 1,7 ponto percentual em comparação com maio. Mais de 29,6 milhões de pessoas deixaram de procurar emprego devido a pandemia. Ainda segundo o IBGE o Brasil apresentou 83,4 milhões de trabalhadores com registro em carteira em junho, destes 14,8 milhões estavam afastados por causa das medidas de isolamento social. Quase metade sem remuneração. Retrato da pandemia.

Novas regras para o empréstimo consignado

Foram divulgadas novas regras para empréstimo consignado para aposentados e pensionistas do INSS. As regras valem pelo tempo que perdurar o estado de calamidade pública em decorrência da pandemia. A primeira mudança é que o desbloqueio para empréstimo consignados que se dava no prazo de 90 dias, agora passar a ser 30 dias da data do benefício que for concedido. Muda também o prazo de carência para a primeira parcela: 3 meses. Uma outra mudança que valerá mesmo depois do período de calamidade pública é o limite máximo autorizado no cartão de crédito para pagamento de despesas feitas com a finalidade de compras e saques: subiu de R$ 1,4 mil para R$ 1,6 mil.

Use com moderação

Mesmo sendo uma linha de crédito com juros menores do que outras modalidades de empréstimo pessoal, a dica é usar com moderação. Todo crédito contraído tem que ter prazo de validade, caso contrário vira uma bola de neve. Para tanto as famílias devem fazer a lição de casa, adequando o padrão de vida a realidade da renda. Também evite atender demandas de parentes, que por vezes pedem para o aposentado ou pensionista contrair o empréstimo em seu nome, e muitos acabam não honrando o compromisso, sujando o nome na praça.

Taxa zero na B3

O Ministério da Economia anunciou que a bolsa brasileira, a B3, e o Tesouro Nacional zeraram a taxa de custódia para os investimentos no Tesouro Selic até o limite de R$ 10 mil. Antes a taxa era de 0,25% ao ano. Esta nova regra passa a valer a partir de primeiro de agosto. A taxa de custódia é uma taxa cobrada pelas corretoras para armazenarem os títulos ou ações, de um determinado investidor.

Tesouro Direto

Esta mudança é para quem aplica no chamado Tesouro Direto. Atualmente são quase 1,3 milhão de investidores ativos. Um terço das aplicações deste universo tem volume aplicado até R$ 10 mil, portanto, mais de 400 mil investidores são beneficiados com esta isenção. A medida torna mais atrativa a aplicação nesta modalidade à medida que taxa de juros despencou para 2,25% ao ano.

Renda fixa

Na prática a renda fixa perdeu atratividade. Com a taxa básica, a taxa Selic remunerando 2,25% ao ano, o CDI, referência para as aplicações conservadoras em renda fixa, caiu para 2,15% ao ano, sendo que a maioria das modalidades tem tributação sobre o ganho de capital. Quem quiser alguma rentabilidade maior, terá que correr algum risco na renda variável.

Mude já, mude para melhor!

O tempo passa e a experiência de vida confirma: o tempo é senhor da razão. Nossas atitudes, nosso comportamento, nossos valores, são evidenciados com o passar do tempo e àqueles que agem com retidão são reconhecidos. As mudanças devem existir e sempre devem ir no sentido de evidenciar a retidão e caráter. Mude já, mude para melhor!

Ler matéria completa