Bauru

Reinaldo Cafeo

IPVA 2022: Placa Final 1 começa a pagar dia 10 de janeiro

02/01/2022 - 05h00

No próximo dia 10 de janeiro, segunda-feira, começa a vencer o IPVA no Estado de São Paulo para quem possui veículo com placa final 1. O calendário segue até o dia de 21 de janeiro conforme o final da placa. O governo do Estado de São Paulo trouxe novidades neste ano: oferece três opções de pagamento: pagar à vista agora em janeiro e obter um desconto de 9%; parcelar em 5 vezes com desconto de 5% em cada parcela, sendo a primeira parcela em fevereiro e as demais em março, abril, maio e junho ou ainda parcela única em fevereiro com desconto de 5%.

A visão financeira: a vista x pagamento em fevereiro

Aproveitar o desconto de 9% para pagamento a vista é a melhor opção. Siga o raciocínio: vamos simular o pagamento em base 100. Assim o valor do IPVA passa a ser 100. Se optar por pagar à vista desembolsará 91 (100 com 9% de desconto). Agora temos que comparar os 91 com as opções oferecidas. A primeira é comparar com o pagamento em fevereiro com 5% de desconto. Neste caso a taxa de juros "embutida" é de 4,40%, sendo a pior decisão. Não há dúvida, pagar a vista com desconto de 9% é a melhor decisão.

A visão financeira: a vista x pagamento em 5 vezes

Agora vamos comparar o pagamento a vista com o pagamento parcelado. A novidade deste ano é que o número de parcelas foi ampliado para 5 parcelas e não 3 parcelas como os anos anteriores. Também a novidade é que a primeira parcela vencerá em fevereiro e não em janeiro. Neste caso temos, ainda na base 100, com desconto de 9%, os mesmos 91 acima mencionados, comparado com 5 parcelas de 200, que com desconto de 5% em cada parcela, terá cada parcela no valor 190. Neste caso a taxa de juros "embutida" é de 1,45% ao mês. Mesmo com a taxa juros mais baixa, no comparativo com o rendimento das aplicações financeiras em renda fixa, a decisão aqui também é pelo pagamento a vista.

A visão financeira: em fevereiro x pagamento em 5 vezes

Para quem não tem dinheiro em janeiro, portanto, não conseguirá pagar a vista, resta comparar o pagamento integral em fevereiro com 5% de desconto ou em 5 parcelas também com 5% de desconto em cada parcela, sendo que a primeira vencerá em fevereiro mesmo. Neste caso não taxa de juros "embutida" é de zero por cento. Como é possível deixar o dinheiro aplicado, sem dúvida, nesta hipótese, é melhor optar pelo parcelamento.

Resumindo as opções

Com dinheiro disponível, mesmo em aplicações financeiras de renda fixa, a melhor opção é pagar o IPVA a vista em janeiro. Não tendo dinheiro para pagar em janeiro com desconto, adiando o pagamento para fevereiro, opte pelo parcelamento. Não busque dinheiro em empréstimo para pagar a vista, pois o custo do dinheiro será superior a taxa de juros "embutida" nas opções acima descritas. Vale destacar que as alíquotas para cálculo do imposto são as mesmas, mas o valor tomado como base, que é o preço de mercado dos veículos em setembro, será entre 20% e 30% maior do que em 2020, quando os preços caíram em função da pandemia.

2022: desafiador

Este foi o título de meu último artigo. Eleições, Copa do Mundo, pandemia, enfim, variáveis para tirarem nosso foco não faltarão. Mantenha o otimismo, trabalhando para disputar o potencial econômico brasileiro que será na ordem de R$ 8 trilhões. Ao mesmo tempo seja realista, sabendo dos desafios. Estratégia é a palavra de ordem.

Mude já, mude para melhor!

Iniciamos o ano. Não perca o foco em suas metas e desejos. Trabalhe diariamente para serem realidade. Se não estiver alcançando resultados esperados, mude a estratégia, mas nunca desista. Em excelente e Santo 2022!

Ler matéria completa

×