Bauru

Reinaldo Cafeo

IPVA: vencimentos a partir da placa final 6

16/01/2022 - 05h00

Na coluna tenho alertado sobre o vencimento e pagamento do IPVA 2022. Lembrando que a amanhã (17/01) começa a vencer o imposto para os veículos com placas final 6, na terça-feira final 7, quarta-feira final 8, quinta-feira final 9 e finalmente sexta-feira final 0.

As opções de pagamento

O governo do Estado neste ano oferece pagamento a vista em janeiro com desconto de 9%; pagamento em única parcela com desconto de 5% em fevereiro; pagamento em 5 parcelas sendo a primeira em fevereiro com desconto de 5% em cada parcela.

Reforçando: pagar a vista é a melhor opção

Para quem tem dinheiro disponível até mesmo em aplicações financeiras consideradas conservadoras (renda fixa), como é o caso da caderneta de poupança, a melhor opção é utilizar este dinheiro e efetuar o pagamento a vista. Fazendo isso o contribuinte deixa de pagar 4,40% de juros no comparativo com a opção de pagar de uma única vez em fevereiro com 5% de desconto, e 1,45% ao mês no comparativo com parcelamento em 5 vezes com desconto de 5% em cada parcela. Não é viável contrair empréstimo bancário para pagamento pagar a vista, os juros serão mais elevados. Neste caso, use o parcelamento do governo do Estado.

Volume de serviços sobe 2,4% em novembro

Havia muita expectativa no mercado no tocante ao desempenho do setor de serviços no Brasil depois da queda de 0,2% na produção industrial de novembro. Acabou vindo no campo positivo com alta de 2,4% sobre outubro de 2021. Os dados são do IBGE. Na comparação com novembro de 2020 a alta chega a 10%, já descontado o efeito da inflação. De janeiro a novembro do ano passado a alta acumulada é de 10,9% e em 12 meses 9,5%.

Quatro de cinco atividades apresentaram expansão

O IBGE pesquisa cinco atividades e destas, quatro apresentaram expansão em novembro passado. Informação e comunicação observaram alta de 5,4%, transportes 1,8%, serviços prestados as famílias 2,8% e outros serviços 2,9%. Serviços profissionais, administrativos e complementares foram as únicas atividades em queda: (-) 0,3%.

Inflação pelo mundo

O Brasil fechou 2021 com inflação de 10,06%. Fenômeno mundial devido a pandemia, outros países também observaram inflação elevada. A Argentina, por exemplo, acumulou até novembro (não divulgou ainda dezembro) 51,2% em 12 meses. A Turquia apurou inflação em 2021 de 36,08%. Nos EUA o acumulado do ano passado atingiu 7%, maior patamar em 40 anos. Na Zona do Euro inflação atingiu 5%. Estes dados de certa maneira justificam os problemas de desequilíbrios do mercado.

Confiança da indústria em queda

O Índice de Confiança do Empresário Industrial, da CNI (Confederação Nacional da Indústria), caiu 0,7 ponto em janeiro deste ano em relação a dezembro do ano passado. Caiu de 56,7 pontos para 56 pontos. É o pior índice para o mês de janeiro nos últimos 5 anos. Lembrando que o índice varia de 0 a 100 pontos. Quando o resultado apurado fica acima de 50 pontos há confiança, quando fica abaixo deste patamar, falta de confiança. O empresário do setor industrial está menos otimista.

PIB da América Latina e Caribe subirá 2,1% neste ano

Segundo a Agência Brasil, a Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (Cepal) está prevendo para este ano um crescimento médio de 2,1% para a região, bem abaixo dos 6,2% registrados em 2021.

Mais detalhes

De acordo com a Cepal, o crescimento médio esperado de 2,1% para este ano reflete uma alta heterogeneidade entre países e sub-regiões: o Caribe crescerá 6,1% (excluindo a Guiana), a América Central crescerá 4,5%, enquanto a América do Sul crescerá 1,4%. A desaceleração esperada na região em 2022, juntamente com os problemas estruturais de baixo investimento e produtividade, pobreza e desigualdade, requerem que o fortalecimento do crescimento seja um elemento central das políticas, ao mesmo tempo em que são consideradas as pressões inflacionárias e os riscos macrofinanceiros.

Mude já, mude para melhor!

Foco, foco e foco. Repito três vezes para alertar: mantenha foco em tudo que planejou e os resultados virão. Mude já, mude para melhor!

Ler matéria completa

×