Bauru

Wagner Teodoro

Dragão no mata-mata

17/04/2022 - 05h00

O Zopone/Unimed dá largada nos playoffs da edição 2021/22 do Novo Basquete Brasil (NBB14), nesta semana. O time bauruense tem como adversário o Pato. Em série melhor de três - formato curto, que eu não considero ideal -, todo cuidado é necessário. Há pouca margem para recuperação. Portanto, o jogo um, que será fora de Bauru, ganha alta relevância. O Dragão chega ao mata-mata após garantir o quinto lugar na primeira fase e fazer sua melhor campanha nas últimas cinco temporadas.

O Bauru Basket entra com natural favoritismo nas oitavas. É mais time do que o Pato. O técnico Guerrinha vem dosando a minutagem de seus jogadores mais experientes, já pensando nos playoffs, há algum tempo. Ninguém ganha na véspera, mas com o elenco todo em boas condições e armas como Gabriel Jaú (é desfalque no duelo de abertura da série por suspensão), Alex Garcia, Larry Taylor e Rafael Hettsheimeir tendo escolta de caras úteis como Enzo Ruiz, Felipe Vezaro, Dontrell Brite, Danilo Penteado e Samuel Pará eu aposto em vaga nas quartas de final.

Nesta fase, as séries passam a ser em melhor de cinco jogos e os quatro principais apontados como postulantes ao título, Franca, Flamengo, Minas e São Paulo, entram na disputa. O adversário bauruense seria o São Paulo, atual campeão paulista e da Basketball Champions League Americas. Neste caso, o papel de favorito se inverteria e o Dragão entraria sem obrigação de classificação e, talvez por isso, ainda mais perigoso para buscar um lugar nas semifinais. Certo é que dá jogo. Mas, primeiro, o Pato.

Outras séries

Ainda pelas oitavas de final do NBB14, o mata-mata tem os seguintes confrontos: Unifacisa (6º) x Caxias do Sul (11º); Paulistano (7º) x Rio Claro (10º) e Pinheiros (8º) x Corinthians (9º). Apesar de um relativo equilíbrio ao longo da primeira fase do Nacional, acredito que os três times melhores colocados, incluindo o Zopone/Unimed, vão ratificar a classificação. Pinheiros e Corinthians deve ser o confronto mais equilibrado e tem resultado imprevisível.

Suns devem brilhar

Enquanto isso, a NBA chega ao momento que interessa: playoffs. Depois de uma longa e exaustiva temporada, prolongada ainda pelo play-in - a grande quantidade de jogos sempre faz baixas - vai começar o mata-mata. Já não era sem tempo. Penso que chegou o momento do Phoenix Suns brilhar e entrar no rol dos campeões. Palpite, é claro. Mas a equipe de melhor campanha na temporada regular entra na fase aguda do campeonato dando mostras de força.

O Suns tem condições de varrer o New Orleans Pelicans na primeira rodada e encarar, possivelmente, o Dallas Mavericks, de Luka Doncic, nas semifinais. Não tem facilidade, mas o time de Phoenix deu prova ao longo da competição de que está pronto. Superou desfalques, se adaptou e seguiu letal. É uma equipe equilibrada, que erra pouco. Cris Paul, Deandre Ayton, Devin Booker e companhia querem mais do que o vice da temporada passada. Não acredito em oscilação e penso que sai como campeão do Oeste e faz final da liga para, enfim, ficar com o título.

Do mesmo lado Oeste, em duelo de times prejudicados por lesões, o Golden State Warriors deve, em algum momento da série, ter a volta de Stephen Curry. Já o Denver Nuggets não contará com peças importantes, que estão fora de combate pelo resto da temporada. Esta combinação faz toda a diferença. Apesar do monstro Nikola Jokic do outro lado, creio na classificação do Warriors. O time de São Francisco avançaria para pegar o Memphis Grizzlies (deve eliminar o Minnesota Timberwolves nas quartas de final), de Ja Morant, nas semis. Seria uma série ótima de se ver. Completo e saudável, aposto no Warriors para encarar o Suns e ser vice do Oeste.

Na Conferência Leste, penso que o atual campeão, Milwaukee Bucks, de Giannis Antetokounmpo, vai crescer no momento decisivo. Acredito em uma varrida da franquia sobre o Chicago Bulls. Aí, o adversário mais provável seria o Boston Celtics, que tem ótima defesa, um ataque eficaz e uma pedreira contra o Brooklyn Nets, de Kevin Durant e Kyrie Irving, na primeira rodada dos playoffs. Do outro lado da chave, as principais forças são Miami Heat, líder da conferência, e Philadelphia 76ers. Mas estou achando que o finalista da NBA sai do duelo entre Celtics e Bucks.

Ler matéria completa

×