Bauru e grande região

13/08/2019 - 06h00

Polêmica

A proposta de um novo organograma da prefeitura já vem causando discussão na Câmara e na sessão desta segunda-feira (12) Telma Gobbi (SD) e Chiara Ranieri (DEM) criticaram o projeto de lei apresentado pelo prefeito Clodoaldo Gazzetta (PSD). Telma lembrou que o organograma precisa definir bem cada função e as relações entre elas.

Eleitoreiro

Chiara considera o projeto eleitoreiro. Para ela, a alteração do organograma tem como objetivo atender a grupos que apoiaram o prefeito. Já Gazzetta afirma que o projeto estava no plano de governo, do qual o DEM participou na eleição passada, e que o objetivo é modernizar a estrutura do governo municipal.

Lentidão

Após alguma sessões, o vereador Ricardo Cabelo (Cidadania) voltou a fazer uso da tribuna e afirmou que a prefeitura demora para fazer as obras necessárias, como a construção da Unidade Básica de Saúde (UBS) do Nova Esperança e a reforma da Emei Edna Faina, no Parque Vista Alegre. Esta última foi cobrada ainda por Carlão do Gás (MDB) e Natalino da Silva (PV).

Pena...

Vice-líder do governo, Carlão do Gás aumentou o tom das críticas e pediu posturas mais contundentes do prefeito nos assuntos principais do município, o que chamou a atenção. O parlamentar chegou a dizer que tem 'pena' do líder, o vereador Markinho Souza (PP), em função da demora para algumas coisas serem resolvidas.

Ciranda

O presidente da Câmara, vereador José Roberto Segalla (DEM), afirmou que o prefeito Gazzetta acabou apenas mudando alguns servidores de local ao fazer uma reforma do primeiro escalão. Para ele, outras situações como o novo organograma e a criação do Instituto de Planejamento (IP) precisam de mais discussão ainda.

Pombos

O vereador Sandro Bussola (PDT) comentou que o Núcleo de Ensino Renovado (NER), no Núcleo Geisel, teve a quadra de esportes interditada por conta da infestação de pombos. O mesmo problema já ocorreu na Emei Vera Lúcia Cury Savi, no Nova Esperança, e na Unidade de Saúde da Família (USF) da Vila São Paulo, entre outros.

Aprovados

A Câmara aprovou projeto de aumento do repasse a entidades e a permuta de área para a futura avenida Água do Sobrado. Ainda foram aprovadas Moção de Apelo de Miltinho Sardin (PTB) para o Estado analisar a criação de uma Região Metropolitana de Bauru. O projeto de unificação da Cipar e o que acaba com a declaração de utilidade pública foram sobrestados.

 

Ler matéria completa