Bauru e grande região

06/11/2019 - 06h00

FERROVIA

Foi transferida para sexta-feira (8), às 15h, audiência pública na Câmara sobre a antecipação da renovação de concessão da linha férrea. O encontro foi pedido por Sandro Bussola (PDT). Serão apresentados estudos viários e de planejamento para a construção de viadutos necessários para que a linha continue em zona urbana e também dos impactos ambientais e de Saúde, relacionados ao aumento do fluxo de trens e ao abandono de vagões. O procurador da República André Libonati deverá estar presente.

BOSQUE

O vereador Ricardo Cabelo (Cidadania) cobrou, na tribuna, explicações da prefeitura a respeito da destinação de R$ 126 mil na reforma do Bosque do Geisel. Ele apresentou um vídeo na sessão ordinária de segunda mostrando que não houve troca de nenhum equipamento de lazer no local, apenas pintura em verde e laranja. Ele classificou como vergonhoso o serviço. Na mesma linha, Bussola cobrou mais projetos pelo Executivo, dizendo ter passado vergonha ao apresentar resultado de obra financiada por emenda solicitada por ele a um deputado.

BIG BAG

Ao criticar a possível tarifa do lixo em decorrência de concessão em estudo, Telma Gobbi (Solidariedade) mostrou imagens de uma iniciativa em Barueri chamada Big Bag. Lá, os munícipes recebem grandes sacos para o depósito programado de entulhos e o recolhimento é feito pela própria prefeitura em até 3 dias, sem custo algum para os moradores. A vereadora usou o exemplo como forma de apontar para o Executivo que existem outras saídas para o lixo.

OUTRA OBRA?

Em suas redes sociais, Gazzetta postou, na última sexta (1), foto com o secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, e a secretaria de Desenvolvimento Social, Célia Parnes, dizendo ter conseguido mais uma obra para Bauru. Questionado, o prefeito informou ter apresentado projeto viário para ajudar a desafogar o trânsito na Rondon, o qual considera até mais importante que o viaduto da Cruzeiro, mas não deu mais detalhes. Segundo ele, o aporte deve ser definido em breve.

CERRADO

Manifestantes promoveram ato em defesa do Cerrado em frente à Câmara Municipal, na terça-feira (29). Após a sessão ordinária, eles foram recebidos pela vereadora Telma Gobbi (Solidariedade), presidente da Comissão de Meio Ambiente, que ficou de organizar uma reunião com o secretário municipal da pasta. Representado pelo Comitê pelo Clima de Bauru e pelo Núcleo Ecossocialista do PSOL, o movimento deve tratar, no encontro, de tema que resultou na "Carta de Repúdio aos Incêndios no Cerrado", entregue por eles aos vereadores.

 

Ler matéria completa