Bauru e grande região

23/11/2019 - 06h00

Bloqueio

O prefeito Clodoaldo Gazzetta (PSD) recebeu nesta sexta-feira (22) documento do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) dando um mês de prazo para a regularização do precatório da floresta urbana. De acordo com Gazzetta, a possibilidade de bloqueio nas contas da Prefeitura de Bauru fica suspensa nesse período. Os credores tinham pedido o bloqueio para receber R$ 33 milhões da prefeitura.

Otimista

Para Gazzetta, esse período deve ser suficiente para um desfecho da situação. Nesta segunda-feira (25), o TJ julga ação popular do advogado Eduardo Borgo que pode suspender o precatório. E há ainda a possível retomada da votação da ação rescisória no Superior Tribunal de Justiça (STJ), após pedido de vista nesta semana.

Reajuste

A prefeitura deve assinar novo contrato com a Emdurb para a coleta de lixo orgânico com valor bem acima do atual. Desde o ano passado, a empresa municipal vinha recebendo R$ 133,90 por tonelada para a coleta e transporte até o aterro de Piratininga. Na nova proposta, receberá R$ 184,00 por tonelada, aumento de 37,4%. Em 2019, a Emdurb receberá cerca de R$ 12,2 milhões da Semma, que gerencia o contrato. Já em 2020, o valor pode ir para R$ 16,5 milhões, se confirmado o novo preço.

Equilíbrio

A empresa municipal admitiu em audiências públicas que vem tendo dificuldade para fechar as contas nos últimos anos, quando acumulou prejuízos. Procurado, o prefeito Clodoaldo Gazzetta afirmou ao JC que o valor segue a pesquisa de preços de mercado em processo licitatório e está dentro da legalidade. A Emdurb pode assinar os acordos com o município com dispensa de licitação se a proposta for melhor do que a iniciativa privada.

Tabuleiro

As possíveis idas de Clodoaldo Gazzetta para o PSDB e de Raul Gonçalves Paula para o DEM mexem no cenário político de Bauru. O prefeito segue em conversas com os tucanos, ainda tentando alinhar sua ida para lá com a permanência do PSD no grupo de apoio.

Pré-candidatos

O Podemos oficializou convite de filiação ao vereador Coronel Meira (PSB). Ele já declarou que mudará de partido, estando bem perto de acordo com a legenda de Renata Abreu e Mário Covas Neto, que estiveram em Bauru. O senador Álvaro Dias era esperado, mas foi resolver assuntos particulares no Paraná. Já o Pros tenta levar o ex-prefeito Izzo Filho. E neste sábado é a vez do PV se reunir para discutir as eleições.

Ler matéria completa