Bauru e grande região

24/11/2019 - 06h00

Conversa

A Câmara Municipal terá sessões ordinárias nesta segunda-feira. No intervalo, o prefeito Clodoaldo Gazzetta (PSD) pretende conversar com os vereadores para falar sobre os projetos que estão parados na Casa de Leis, como o do financiamento, novo organograma, concessão da destinação do lixo orgânico e a Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2020.

Retirada

Já o projeto de emenda à Lei Orgânica para o fim do Conselho de Usuários do Transporte Coletivo e suas atribuições indo para o Conselho de Mobilidade pode ser retirado. A proposta está na pauta, mas a prefeitura cogita retirar o projeto da Câmara antes da sessão, pois não há maioria fechada para aprovação - precisa de 12 votos.

Transposições

Além dos grandes projetos aguardando votação, a Câmara pode receber mais pedidos de transposições de verba entre secretarias, para fechar as contas do final do ano. O valor deve ficar em cerca de R$ 28,2 milhões, segundo o secretário de Finanças, Everson Demarchi. Os pedidos devem chegar nesta semana.

Carregada

A sessão da Câmara tem 12 projetos em primeira discussão. Entre eles, a transposição de R$ 842 mil na Emdurb, para o pagamento de salários no final de ano, com dinheiro que não precisou ser usado em pagamentos de dívidas. A renovação do contrato da coleta de lixo, antecipada ontem pela coluna, deve ser assunto na tribuna.

Mais projetos

Outro projeto da pauta é para o aditivo de R$ 340 mil ao Bauru Basket e Sesi Vôlei Bauru - R$ 170 mil para cada. O montante ajudará as equipes a pagarem o aluguel do ginásio Panela de Pressão. Também em discussão o que adia para 2021 o começo da Atividade de Trabalho Pedagógico (ATP) na Secretaria de Educação, para não comprometer o Orçamento do ano que vem.

Subcontratação

Ainda em primeira votação, projeto de lei facultando a subcontratação por empresas vencedoras de licitação e alteração na lei que obriga a limpeza de calçadas pertencentes a imóveis públicos.

Indefinição

Segue ainda sem conclusão a análise sobre a eleição do diretório municipal do PT em Bauru, realizada no dia 8 de setembro. Uma resolução do Diretório Nacional aprovada na última quinta-feira decidiu prorrogar até 20 de dezembro o julgamento das denúncias de irregularidades. A chapa Democracia e Luta, que nos envia as informações, aproveita e presta solidariedade ao professor de jornalismo Juarez Xavier, vítima de agressão e injúria racial na cidade.

Ler matéria completa